Porque ateus falam tanto em deus?

Para uma terceira opinião, leia: Típicas Justificativas Religiosas #71.

Eu já me perguntei muito isso. Porque diabos ateus falam tanto em deus?

Não sou um bom argumentador, portanto vou logo a conclusão: Ateus não falam tanto eu deus. Falam tão ou menos que qualquer outra pessoa, seja ela crente ou não.

O problema é (o problema sempre é) que na visão de muitos crentes um ateu não pode falar em deus. É como se a pessoa devesse teme-lo. Mas a palavra ateu significa exatamente a negação de theo, deus. Logo um ateu que teme a deus acredita no divino. Isto é contraditório :-)

À primeira vista este texto é uma contradição, já que fala justamente de algo que quer negar, mas o que quero dizer que para uma pessoa não-crente falar de deus é como falar do Coelho da Páscoa ou o Papai Noel. O fato de eu não acreditar em Papai Noel não significa que eu não possa falar em ou tenha que negar o Papai Noel. Eu até acho bonitinho o Papai Noel (embora não goste muito de entrar no clima), e não tenho problema algum em falar deste ente imaginário.

Há até casos de ateus que continuam a frequentar à igreja que costumavam ir. “Mas como? Eles são ateus. Temem tanto a palavra deus como o diabo teme a cruz!”. Pois nestes casos frequentam a igreja como um ritual cultural qualquer, como uma manifestação de algo que sabem agora ser mito. Qual o problema em ir à igreja para discutir e ouvir coisas de religião se posso falar sobre coisas do natal, como renas voadoras, entregas de presentes, ou mesmo sobre um senhor vestir roupas de inverno em dezembro quando, no hemisfério sul, é verão! Não creio que todas as pessoas que se vestem de Papal Noel para ter um trabalho temporário nos finais de ano acreditem em Papel Noel (embora se falarem que não acreditam na frente das crianças e do gerente sejam demitidos :-))

O que parece irritar mais talvez seja a naturalidade com que muitos falam da entidade deus (ou qualquer equivalente) como ser mitológico, ao invés de falar com medo (“aquele que não teme (TEMA, TEMA!, Tenha Medo!) o Senhor é capaz de praticar qualquer mal”, não é?) ou louvor, da mesma forma como praticantes de uma religião falam sobre o deus dos outros.

Nunca viu na televisão algum documentário sobre alguma tribo que acredita que o deus deles criou o mundo a partir de um processo diferente do processo de criação católico, por exemplo? Porque não nos revoltamos e até tratamos com naturalidade a crença deles somente como um mito, mas não quando se trata da Criação que aprendemos na catequese? Existem processos de criação mais bizarros que um “faça-se a rosquinha”, como mundos paridos por deuses, vomitados, etc.

Porque nos livros de história tratamos da mitologia grega com tanta naturalidade e simples mito, mas não encontramos nos livros de história a os mitos da religião dominante também como um simples mito?

Faço agora uma recomendação de um documentário que, mais uma vez, contradiz o título deste texto: O Deus Que Não Estava Ali. (se você for mais curioso, consegue achar para download em sites de torrent).

Para cada filme/documentário sobre ateísmo, são produzidos vários filmes teístas (vê-se pela quantidade de histórias sobre a vida de Jesus que passam na Sessão da Tarde em época de Páscoa). Logo teístas falam de deus muito mais do que qualquer ateu.

Assim faço a seguinte pergunta: Porque teístas falam tanto em deus? Que ser mais fajuto este, que precisa que as pessoas fiquem falando seu nome para que seja lembrado. Mas é claro que um ateu nunca poderia entender as atitudes de um algo que não acredita, não é? :-)

Até a próxima.

19 Comments

  1. Posted março 10, 2010 at 9:32 | Permalink

    Leandro, o problema não é com todo ateu. É com Ateu Fanático.

    Olha eu creio em Deus e não tenho religião; Não vou a Igreja; Não tento convencer você a acreditar em Deus e DETESTO crente chato.

    Minha esposa é evangélica. Nunca tentou me converter, mas já tive tios que tentam e tentam converter qualquer um. Esses enchem o saco.

    Com os Ateus IDEM. Conheço vários que apelam demais. De cada 3 frases 2 são sobre não crer em Deus, mesmo quando não cabe o assunto e esse tipo de cara enche o saco de qualquer cristão (ou de qualquer ateu sério que não seja um fanático ou um Ateu por moda).

    Ps: Valeu pela força com o CSS do OxenTI :P Tava sem tempo de revisar o layout ;)

  2. marcos
    Posted março 16, 2010 at 12:02 | Permalink

    vc gosta de rock? se sim, conhece o Raimundos ?

    O Rodolfo(ex-vocalista) era taum ateu quanto vc pode apostar ! :)

    http://www.4shared.com/get/50098560/812fa3e2/Testemunho_-_Rodolfo_Abrantes.html;jsessionid=DBC57A5908009F84689FAFBF91DCACC1.dc158

    fica na Paz !

  3. Adriano
    Posted abril 8, 2010 at 14:49 | Permalink

    Tenchi,

    Concordo em gênero, número e grau com o que escreveste, especialmente quanto toma o mito bíblico da criação como mais um mito. Ainda, também, uso a comparação da ideia de “deus” com a de “Papai Noel”, para comparar seres fictícios que podemos falar sobre eles, independentemente de eles existirem. Apesar de eu preferir, às vezes, usar a ideia de “Saci Pererê” — acho mais semelhante, pois existem pessoas que afirmam criarem (cultivarem) “sacis pererês” e “Papai Noel” é mais usado para iludir crianças mesmo.

    No entanto, há pessoas que não acreditam propriamente nas mitologias religiosas, mas falam de um “deus” como força superior. Isso, na verdade, é uma retomada do argumento ontológico (“deus é o ser maior do que todas as coisas”, na forma dada por Anselmo de Aosta, ou “deus é perfeito e se ele não existisse não seria perfeito, portanto deus existe”, como quis Descartes), que é facilmente derrubado, a meu ver. Fiz meu TCC sobre isso.

    Mas, mesmo assim, tenho dificuldades em falar de forma simples e rebater esse argumento daqueles que dizem simplesmente que existe um deus. Sei que a prova cabe a quem afirma, mas acho que isso não é suficiente para rebater essa afirmação.

    Desculpe-me pelo longo comentário, até mesmo fugindo do tema central, pois tu só queria mostrar que ateus não falam mais em deus do que os crentes. É que, às vezes, lendo os comentário principalmente no Br-Linux, clico para ver os sites pessoais de alguns comentaristas e, às vezes, tenho a grata surpresa de encontrar ótimos blogs como o seu.

    Abraço,

    Adriano.

  4. joguem warrock
    Posted maio 2, 2010 at 7:04 | Permalink

    fo..-se o deus da biblia nao existe. se estao a espera de encontrar um deus com barbas brancas grisalhas e velho estao enganados. existe deus e verdade mas nao o deus da biblia que e caprichoso e egoista. uma pergunta para voces que acreditam no deus da biblia. SE DEUS É OMNISCIENTE PK QUE DISSE A ABRAAO PARA MATAR O FILHO SO PARA TER A CERTEZA DE QUE O PATRIARCA LHE ERA FIEL? PARA QUE SENDO ELE TAO BOM ESSE TESTE TAO CRUEL? POIS SE ELE É OMNISCIENTE SUPOSTAMENTE JA SABIA QUE LHE ERA FIEL. PARA QUE AQUELE TESTE?

  5. Valentim alencar
    Posted julho 10, 2010 at 19:49 | Permalink

    SÃO AS PESSOAS MAIS INFELIZES QUE CONHEÇO, UM BANDO DE DROGADOS
    REVOLTADOS COM SUA PROPRIA EXISTENCIA; SE ELES PUDESSEM SE MATA
    RIAM.MAL SABEM QUE FUNDO ESTÃO SENDO DOMINADOS POUCO A POUCO PE
    LO O DEMONIO, APESAR DELES NÃO ACREDITAREM.TEM SITE CHAMADO ateu
    e atoa FUNDADO POR SER DESGRAÇADO COMO EU DISSE REVOLTADO COM SUA
    PROPRIA EXISTENCIA(O NOME DO INFELIZ CHAMASSE FABENRIK),QUE DEBO
    CHA DE DEUS E COLOCA COISAS IMUNDAS FRUTO DE SUA NOJENTA MENTE E
    AINDA TEM MISERAVEIS QUE FICAM CONVERSANDO ENTRE SI DESPEJANDO
    SUA REVOLTA DEMONIACA CONTRA DEUS E SEU FILHO JESUS CRISTO, ESTI
    VE VENDO AS POUCAS FOTOS DOS INTEGRANTES DE SITE SÓ PELA CARA VOCÊ JÁ VÊ QUE SÃO PESSOAS APARENTEMENTE AMALDIÇOADAS E VIVEM
    SE ACHANDO INTELECTUAIS E INTELIGENTES COMO UMA “ESCRITORA”
    CHAMADA GEYME MANNES QUE DIZ QUE MORA NA ALEMANHA E FAZ COISAS
    E MAIS COISAS. NO FUNDO ESTA GENTE MOVIDA POR ESPIRITOS ENGANA
    DORES QUE OS FAZEM A CADA DIA COLOCAR MAIS LENHA NA SUA PROPRIA FOGUEIRA, NO FUNDO SÃO AS PESSOAS MAIS DIGNAS DE PENA.

  6. Valentim alencar
    Posted julho 10, 2010 at 19:56 | Permalink

    FAÇA UMA VISITA AOS DOENTES TERMINAIS E COMPARE AQUELES QUE ACRE
    DITAM EM DEUS E JESUS CRISTO COM AQUELES QUE SÃO ATEUS,MAÇONS,E
    OUTRAS HERESIAS, FICAM TREMENDO DE MEDO PORQUE ESTA CHEGANDO AQUE
    LA HORA DE SER ENCONTRAR COM DEUS PAI QUE ELE TANTO NEGOU E ALI
    MESMO RECEBER SUA MERECIDA SENTENÇA ETERNAM, INFELIZMENTE ESTÁ SI
    NAGOGA DE SATANAS QUE SE CHAMA MAÇONARIA E SEUS TENTACULOS ESTÃO
    FAZENDO A CABEÇA DE VARIOS JOVENS.MAIS O DIA DE DEUS ESTA A CADA
    DIA MAIS PERTO.LEMBRE-SSE DEPOIS DA MORTE NÃO TEM ARREPENDIMENTO.

  7. Valentim alencar
    Posted julho 10, 2010 at 20:03 | Permalink

    VEJA O QUE PASSA A TELEVISÃO PARA AS CABEÇAS IGNORANTES A PESSOA
    MORRE DEPOIS REENCARNA, QUE COISA MAIS IMBECIL DO QUE ISSO,(LEIAM
    O LIVRO ESPIRITISMO ORIENTAÇÃO PARA OS CATÓLICOS) E VERAM O SACO
    DE PATIFARIA QUE É ESTA SEITA NOJENTA, E NESTE LIVRO CONTA O QUE
    FAZIA POR DETRÁS DOS PANOS O DESGRAÇADO DO TAL DE CHICO XAVIER
    QUE FOI DESMASCARADO PELO SEU PROPRIO SOBRINHO QUE IA SER SEU SU
    CESSOR E DEPOIS AINDA VEM AS SEITAS PENTECOSTAIS PARA ACABAR DE
    “MATAR” ESPIRITUALMENTE AS PESSOAS,POR DETRAS DESTAS SEITAS CITADAS ESTA A FAMIGERADA MAÇONARIA.

  8. VALENTIM ALENCAR
    Posted setembro 2, 2010 at 11:49 | Permalink

    A “COLONIA NOSSO LAR” NO FILMECO DE CHICO XAVIER FICA DENTRO DE
    UM HEXAGRAMA,QUE É UM SIMBOLO OCULTO DA CABALA E DA NOVA ERA.

  9. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 14:47 | Permalink

    Missa Tridentina em Brasília
    Cliquem na imagem para ir ao site!

    São Vicente de Lerins
    Guardião da Tradição! “Devemos nos ater ao que foi sempre crido, por todos e em toda a parte.” (São vicente e Lerins – Commonitorium)
    São Tiago Mata-mouros
    Protegei-nos dos infiéis!
    Orações em latim com áudio
    Locais das Missas Tridentinas no Brasil
    Refutação do documentário “O Estado do Vaticano”
    Procura-se Cruzados

    Obras Raras
    Cliquem na imagem e conheçam o projeto!
    Blogs que recomendo APOSTOLADO EUCARISTICO
    LOS DIEZ MANDAMIENTOS – PELÍCULA
    1 hora atrás a cidade do sossego
    Afinidades
    2 horas atrás Fiéis Católicos da Arquidiocese de Ribeirão Preto
    O QUE FAZ UM CATÓLICO (???) ASSISTIR A UM FILME ESPÍRITA???
    3 horas atrás Tradição Católica
    Liberalismo e Socialismo, as duas faces da mesma retorcida moeda
    7 horas atrás OBLATVS
    Discurso do Papa aos Bispos do Leste 1
    7 horas atrás EX ORBE
    El Papa en el país de los antipapistas
    8 horas atrás Luciano Ayan
    Técnica: Ou é consultoria comportamental global ou é relativismo cultural!
    12 horas atrás S I N A X E
    Visita de +GREGÓRIO III a +IGNÁTIOS IV
    16 horas atrás Deus lo Vult!
    Chalita x Comunidade Família de Deus
    16 horas atrás Missa Tridentina em Brasília
    Retorno do Pe. Sérgio
    22 horas atrás Descalço – Discalceatorum
    3º dia da novena em hora de Santa Teresinha
    22 horas atrás De olho na Jihad
    O importante é condenar Israel por qualquer motivo, sempre
    22 horas atrás ♱ Exército católico ♱
    Quando começa a vida?
    1 dia atrás Fratres in Unum.com
    Não ao Aborto e aos Herodes de nosso Tempo.
    1 dia atrás SUCESSÃO A APOSTÓLICA
    1 dia atrás EXTRA ECCLESIAM SALUS NULLA
    Thank you
    1 dia atrás RORATE CÆLI
    Filipino Archbishop denounces the “terrorist proclivities” of some liturgists
    1 dia atrás Blog do Angueth
    A primeira cabeça visível da Igreja depois da Ascensão de Cristo
    1 dia atrás Sensus Naturalis
    Alerta sobre candidatos ditos “católicos”
    1 dia atrás Spem in Alium
    Os progressistas tentaram impedir a canonização de São Pio X
    1 dia atrás IN PRÆLIO!
    Pensador ateu admite que catolicismo é a religião mais atacada na Europa
    1 dia atrás A Verdadeira Idade das Trevas
    Pensador ateu admite que catolicismo é a religião mais atacada na Europa
    1 dia atrás TRADIÇÃO EM FOCO
    [Eleições] A Verdadeira Máscara de Dilma Roussef
    1 dia atrás O Tradicionalista
    MAIS UM GOLPE CONTRA O VIGÁRIO DE CRISTO
    2 dias atrás Sociedade Apostolado
    Cigarros: fato pitoresco e reflexão
    2 dias atrás Suma Teológica – Summae Theologiae
    O Ser (I) – Parmênides: o princípio como ser
    2 dias atrás Adversus Haereses
    ISLAM: 270 MILHÕES DE CADÁVERES EM 1700 ANOS
    2 dias atrás Associação Universitária Fides et Ratio
    Nossa Página
    3 dias atrás Legado Montfort
    “Aula 04 – As três revoluções na Cidade Antiga” no YouTube!
    3 dias atrás Flagelo russo
    Na Rússia falta trigo e o povo teme retorno à URSS
    4 dias atrás Sou conservador sim, e daí?
    STJ: Começa discussão sobre comando da organização católica TFP
    5 dias atrás As Cruzadas
    Beato Marco d’Aviano, frade líder da Europa Cristã face à investida muçulmana
    5 dias atrás Associação Cristo Rei de Cultura e Civismo
    O PT e a Revolução Legal
    5 dias atrás SANTA IGLESIA MILITANTE
    ¡Estos son los enemigos de Cristo!
    5 dias atrás Idade Média * Glória da Idade Média
    A revolução industrial medieval: os começos da engenharia moderna
    6 dias atrás CREER EN MÉXICO
    Los héroes religiosos de México
    6 dias atrás A Saúde da Alma
    Acredita-se num Deus que Se agrade com o sofrimento?!
    6 dias atrás Embajador en el Infierno
    Conversaciones en la embajada (XXIV): Esta familia no es tan perfecta
    1 semana atrás Educação Cristã e Família
    PARVULI: A santidade das Crianças – FINAL
    1 semana atrás Monarquia Já
    Falece o Príncipe Friedrich Wilhelm de Hohenzollerm
    1 semana atrás Fora da Igreja não há Salvação
    Depois do Serra, agora é a vez de Alckimin
    1 semana atrás Traduções Gratuitas
    Marcel de Corte – Prefácio de “A Inteligência em Perigo de Morte”
    1 semana atrás O Cruzado Missionário
    Um bispo chato
    1 semana atrás Blog do Padre Elílio
    A Palavra de Deus é uma só
    1 semana atrás Deus o quer!!! – Captare’s Battle Site
    Campanha de orações – Salvem o Brasil!
    1 semana atrás Pacientes na tribulação
    Campanha de oração pela salvação do Brasil
    1 semana atrás Fé Católica
    “Pós Vaticano II: Malachi Martin”
    1 semana atrás O Ultrapapista Atanasiano
    Chama para perto de ti este Nosso Senhor
    2 semanas atrás Las Cruces de las Espadas
    OTRA VEZ LOS MILITARES
    2 semanas atrás Igreja Una
    “Nem tudo está perdido quando tempos bons bispos”
    2 semanas atrás Velatam ad Dei Gloriam
    Missa dominical na forma extraordinária – Rio de Janeiro
    3 semanas atrás Laicatólico
    MEC, lê-se: Doutrinação
    3 semanas atrás Cruzados de Maria
    O Sillon: cem anos de condenação
    4 semanas atrás Caballero Andante
    (Carta 2) 10 de maio
    4 semanas atrás Guia de Blogs Católicos
    Mais 14 blogs estão no Guia. Junte-se a nós!
    5 semanas atrás Lúdico Medieval
    Um convite
    1 mês atrás Altar Cristão
    MUDAMOS DE ENDEREÇO
    2 meses atrás Irmandade dos Blogs Católicos
    Filie-se a Irmandade dos Blogs Católicos
    2 meses atrás APOSTOLADO SHEMÁ
    Bélgica: demissão em bloco da comissão encarregada de investigar as queixas de abusos sexuais contra membros da Igreja
    2 meses atrás TRADICAO VIVA – EM DEFESA DA FÉ CATÓLICA
    3 meses atrás São Pio V
    Orações de Santo Afonso Maria de Ligório destribuídas para cada dia da semana
    3 meses atrás Caiafarsa
    3 meses atrás BARCA DE PEDRO
    O casamento se inicia no namoro equilibrado
    3 meses atrás Vozes da Razão
    non adsumes nomen Domini Dei tui in vanum
    4 meses atrás Neo-Ateísmo, Um Delírio
    Novo blog, novo endereço
    4 meses atrás Partido Conservador
    O voto do cristão no contexto ideológico das eleições de 2010
    5 meses atrás Toda a Palavra de Deus
    A defesa das inquisições
    1 ano atrás del-Rei
    República, um atropelo na História Nacional
    1 ano atrás Iconografia Cristã
    São Jorge
    2 anos atrás Contra Impugnantes Sites recomendadosPaz no Campo – Blog do Príncipe D. Bertrand
    Cons – Conservadores Brasil
    Missa Gregoriana
    Heráldica – Brasões Eclesiásticos, Civis e Militares
    Stat Veritas
    A Santa Sé
    Fsspx Brasil
    Rádio Cristiandad (Argentina)
    Missa Gregoriana
    Associação Cultural Santo Tomás
    Associação Cultural Montfort
    Apostolado Defesa Católica
    Recent Comments Este Blog Link daqui A web
    Este Blog
    Link daqui
    .A web
    .
    Pensador ateu admite que catolicismo é a religião mais atacada na Europa

    Postado por — on quinta-feira, 23 de setembro de 2010
    Marcadores: Europa, Perseguição / Comments: (0)
    MADRI, 23 Set. 10 / 02:06 pm (ACI).- Bernard-Henri Lévy é um pensador ateu considerado como referência intelectual da chamada nova esquerda. Em declarações ao jornal espanhol ABC ele assegurou que o catolicismo é de longe a religião mais atacada na Europa e lamentou que se cometam tantas injustiças contra o Papa Bento XVI.

    “A voz do Papa é extremamente importante. E somos muito injustos com este Papa. Eu não sou católico, mas acredito que existem preconceitos. Sobre tudo um anti-catolicismo primário que está tomando proporções enormes na Europa”, afirmou.

    Segundo o pensador, “na França se fala muito das violações dos cemitérios judeus e muçulmanos, mas ninguém sabe que as tumbas dos católicos também são profanadas habitualmente. Há uma espécie de anti-clericalismo na França que não é sadio em absoluto. Temos direito a criticar as religiões, mas a religião mais atacada hoje em dia é a religião católica”.

    Para Lévy, que diz estar a favor da construção de uma mesquita perto da Zona Zero em Nova Iorque e se opõe ao uso da burka (traje das mulheres nos países muçulmanos), o catolicismo sofre mais ataque que o islã. “Os muçulmanos, no terreno intelectual,

  10. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 14:49 | Permalink

    Home » Chico Xavier vivia no mundo da fantasia, que sirva de alerta aos cristäos
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Chico Xavier vivia no mundo da fantasia, que sirva de alerta aos cristäos
    Tagged with: Espiritismo Seitas

    10.05.2010 – Chico Xavier, descrevendo suas fantasias do além-túmulo nos “revela” a existência de um de “aerobus” no fantástico mundo espiritual do espiritismo:
    “NO BOSQUE DAS ÁGUAS. Dado o meu interesse crescente pelos processos de alimentação, Lísias convidou: – Vamos ao grande reservatório da colônia. Lá observará coisas interessantes. Verá que a água é quase tudo em nossa estância de transição. Curiosíssimo, acompanhei o enfermeiro sem vacilar. Chegados a extenso ângulo da praça, o generoso amigo acrescentou:
    – Esperemos o aeróbus.
    Mal me refazia da surpresa, quando surgiu grande carro, suspenso do solo a uma altura de cinco metros mais ou menos e repleto de passageiros. Ao descer até nós, à maneira de um elevador terrestre, examinei-o com atenção. Não era máquina conhecida na Terra. Constituída de material muito flexível, tinha enorme comprimento, parecendo ligada a fios invisíveis, em virtude do grande número de antenas na tolda.” (XAVIER, CHICO. Nosso Lar, cap. 10)

    Noutro capítulo, como num conto de fadas, fala de muralhas protetoras que emitem dardos magnéticos:

    “Encorajados pela rebeldia dos cooperadores do Esclarecimento, os espíritos menos elevados que ali se recolhiam entregaram-se a condenáveis manifestações. Tudo isso provocou enormes cisões nos órgãos coletivos de “Nosso Lar”, dando ensejo a perigoso assalto das multidões obscuras do Umbral, que tentaram invadir a cidade, aproveitando brechas nos serviços de Regeneração, onde grande número de colaboradores entretinha certo intercâmbio clandestino, em virtude dos vícios de alimentação. Dado o alarme, o Governador não se perturbou. Terríveis ameaças pairavam sobre todos. Ele, porém, solicitou audiência ao Ministério da União Divina e, depois de ouvir o nosso mais alto Conselho, mandou fechar provisoriamente o Ministério da Comunicação, determinou funcionassem todos os calabouços da Regeneração, para isolamento dos recalcitrantes, advertiu o Ministério do Esclarecimento, cujas impertinências suportou mais de trinta anos consecutivos, proibiu temporariamente os auxílios às regiões inferiores, e, pela primeira vez na sua administração, mandou ligar as baterias elétricas das muralhas da cidade, para emissão de dardos magnéticos a serviço da defesa comum.” (Idem, cap. 9)
    Você sabia que Amauri Pena, um sobrinho de Chico Xavier, desmascarou o tio e toda a farsa espírita na qual ele foi educado e persuadido a ser um grande médium, em 1958?

    Ele disse ao “Diário de Minas”:

    “Tudo o que tenho psicografado até hoje foi criado por minha própria imaginação, sem que precisasse de interferência de almas do outro mundo. Resolvi por uma questão de consciência contar toda a verdade. Não desmascaro meu tio como homem, mas como médium”.

    Confira também “Estado de Minas”, 20/1/1971 e revista “Realidade”, Novembro 1971, página 65.

    Fonte: Adversus Haereses

    —————————————————————————————–

    Lembrando novamente…

    Espiritismo: Chico Xavier superstar, com grandes produções no cinema, no teatro e na literatura

    27.02.2010 – Parte da reportagem da revista ISTOÉ, Edição: 2103, Fevereiro 2010.

    (os grifos sáo meus, para depois fazermos uma avaliaçäo do que foi dito nessa reportagem)

    O médium de vida simples que se tornou o principal ícone do espiritismo tem seu centenário festejado com grandes produções no cinema, no teatro e na literatura

    Uma Minas Gerais agrária e bucólica é o pano de fundo adequado para a história de um menino em constante turbulência interna. Ele ouve vozes e vê pessoas mortas. Tachado de maluco, o garoto, nascido Francisco de Paula Cândido Xavier, sofre muito, especialmente nas mãos de uma madrinha católica que o considera pactuado com o diabo. A história deste menino que virou o maior médium brasileiro está contada no filme “Chico Xavier”, de Daniel Filho, que estreia no dia 2 de abril, data em que ele completaria 100 anos, se não tivesse desencarnado, como dizia, oito anos atrás. O filme — a que ISTOÉ assistiu em primeira mão — é o carro-chefe de uma série de produções e homenagens, como lançamentos de livros, fi lmes inspirados em obras psicografadas, selo, exposições e seminários. Até uma novela da Rede Globo, que tem o espiritismo como tema, estreia, coincidentemente, no mês do centenário: “Entre Dois Amores”, escrita por Elizabeth Jhin.

    A expansão do espiritismo no Brasil está profundamente ligada à fi gura de Chico Xavier, que, para muitos, surgiu para complementar e atualizar os ensinamentos de Allan Kardec, o pai do espiritismo. O fi ão literário foi puxado por ele desde que publicou, aos 22 anos, sua primeira obra, “Parnaso de Além- Túmulo”. Hoje, existem no País aproximadamente 100 editoras especializadas e quatro mil títulos no mercado. Ao publicar obras romanceadas, o médium brasileiro cria uma nova forma, calcada mais na emoção, subjetividade e no lirismo, de apresentar a religião às pessoas.

    Chico Xavier é o autor brasileiro de maior sucesso. Ele já vendeu quase o dobro dos livros de Paulo Coelho, nossa referência de best-seller literário. Seus 458 livros somam aproximadamente 45 milhões de cópias vendidas, segundo Cesar Perri, diretor da Federação Espírita Brasileira. “Somente ‘Nosso Lar’ tem 2,5 milhões de edições comercializadas em 15 idiomas”, afirma.

    Não por acaso, este livro também vai virar filme, sob a direção de Wagner de Assis. E, ao contrário do longa de Daniel Filho, será repleto de efeitos especiais, que foram supervisionados por Geoff D. E. Scott, da empresa canadense Intelligent Creatures (“Watchmen” e “Babel”, entre outros). “O filme se passa, em grande parte, numa cidade localizada em um outro plano, o espiritual. Este é o maior motivo da grande presença dos efeitos”, explica a produtora Eliane Britz. “É importante que o público acredite que as ações estão acontecendo em uma cidade praticamente real. Isso é fundamental para a história”, acrescenta ela. A previsão é de estreia em setembro. Outros três filmes também serão lançados – “E a Vida Continua”, com direção de Paulo Figueiredo, “As Cartas”, de Cristiana Grumbach, e “As mães de Chico Xavier”, com três assinaturas na direção, Glauber Filho, Joel Pimentel e Halder Gomes – todos baseados em obras psicografas pelo médium. Ao contrário, “Chico Xavier” é o único biográfi co. Grande parte da trama foi filmada em Tiradentes, Minas Gerais, onde aconteceram alguns fenômenos. Certo dia, uma forte chuva que caía sobre a cidade só não atingia o set de filmagem.

    Com desenhos de Rodolfo Zalla e roteiro de Franco de Rosa, “ChicoAté personagem de história em quadrinhos o médium será Xavier em Quadrinhos” (Ediouro) contará a história da vida dele e trará, também, alguns textos psicografados pelo médium.

    Além de todas as obras culturais que divulgarão o nome de Chico Xavier e a doutrina espírita no Brasil, este ano, uma novela da Rede Globo, “Entre Dois Amores”, colocará em confronto a questão da vida após a morte e a ciência. “Tenho grande interesse pelo tema espiritualidade e pensei que podia trazer para a trama inquietações pelas quais todos passamos: De onde viemos? Para onde vamos?”, diz a autora do folhetim, Elizabeth Jhin.

    Ela vai reproduzir a inquietação natural entre esses dois mundos aparentemente antagonistas defi nitivos, a ciência e a espiritualidade. Superstar também nas artes cênicas, a peça “Além da Vida” já foi vista, em diversas remontagens, por mais de dois milhões de pessoas – e voltará à cena, em abril, no Teatro Corinthians, em São Paulo. O ator e diretor do espetáculo, Renato Prieto, monta peças espíritas há 25 anos pelo Brasil afora e diz ser testemunha da fé leiga nos ensinamentos do médium. “As pessoas vão às minhas peças em busca de respostas: ‘De onde eu vim?’ ‘O que vim fazer aqui?’ ‘Para onde vou após desencarnar?’ E elas saem do teatro com um conceito que as tranquiliza”, diz Prieto.

    O filme “Chico Xavier”, de Daniel Filho — ao qual ISTOÉ assistiu em primeira mão —, carrega uma extraordinária carga de emoção e deverá levar muita gente às lágrimas.

    A editora LeYa lançará outro livro de Marcel Souto Maior sobre os bastidores da produção.“Chico Xavier, a História do Filme de Daniel Filho” chegará às prateleiras também no dia 2 de abril, com tiragem inicial de 50 mil exemplares. “Conversei com o Tony Ramos, que é muito católico, sobre como foi estar no filme que fala do maior líder espírita do País.

    Por incrível que pareça, um ombro amigo dos mais fiéis, desde a infância, é um padre católico. No dia em que este padre morre, entretanto, Chico é escorraçado do velório pelo padre substituto que se torna um obstinado pregador contra ele. (fim)

    ————————————————————————————–

    Nota de http://www.rainhamaria.com.br por Dilson Kutscher – 27.02.2010

    Acho que a reportagem acima, para os verdadeiros católicos, já fala por si mesma. É uma propaganda massiva para influenciar as pessoas positivamente sobre o espiritismo. Digamos que é um grande marketing em prol do cresciumento do espiritismo no Brasil. Com tantos filmes sendo produzidos, livros, peças teatrais e até história em quadrinhos, podemos imaginar que o Brasil será invadido por uma nova onda espírita, que infelizmente levará consigo muitos novos adeptos ao espiritismo, ou alguém duvida disso?

    Basta dizer que no filme, além de citarem um padre católico como principal amigo de Chico Xavier, ainda citam, como muito católico, o ator Tony Ramos que atua no filme. Ora, padre como ombro amigo fiel de Chico Xavier e, ator de renome, muito católico, atuando em filme espírita, é uma combinaçäo perfeita para passar uma mensagem clara aos católicos menos esclarecidos, que o espiritismo é perfeitamente conciliável com o catolicismo. Depois os espíritas, quando na leitura deste meu comentário, enviam e-mails dizendo que o cristianismo sempre pregou o amor fraterno entre irmäos, mas entäo eu pergunto: O fato de eu ser contrário a doutrina espírita, me pöe como uma pessoa sem amor fraterno ao próximo? Devo amar ao ERRO e renegar a doutrina da Santa Igreja Católica, de seus Doutores e Santos, para me dedicar a tal amor fraternal, que vai contra os meus princípios cristäos?

    Agora, excluindo-se os católicos de ocasiäo, ou seja, os falsos católicos, que praticam o contrário do que ensina a Igreja e, pior, não däo exemplo para seus irmãos, como diz Everth Queiroz Oliveira, que tem um maravilhoso blog católico na internet ( http://beinbetter.wordpress.com ) Nesse grupo muitas vezes se enquadram os ‘católicos iscariotes’. São aqueles que crêem em Deus, mas fazem a sua própria Lei, sua própria fé, adaptam o Evangelho do seu modo para que possam viver ao mesmo tempo os prazeres do mundo e a vida em Deus – como se ambos fossem conciliáveis um com outro. Além de pregarem vãs ideologias, que sempre são ramificadas de heresias incompatíveis com a doutrina da Igreja. É certo que no Brasil o espiritismo não é nosso único problema religioso. Infelizmente. Mas continua válida a constatação feita pelos bispos em 1953: que, no momento, o espiritismo ainda é o desvio doutrinário “mais perigoso”, já que “nega não apenas uma ou outra verdade de nossa santa fé, mas todas elas, tendo, no entanto, a cautela de dizer-se cristão, de modo a deixar, a católicos menos avisados, a impressão erradíssima de ser possível conciliar catolicismo com espiritismo“.

    Vamos ler e refletir num artigo de Everth Queiroz Oliveira.

    05.08.2009 – A Mensagem de Cristo e o espiritismo

    O espiritismo, assim como diversas religiões do mesmo caráter – enganador e puramente falso -, prega a doutrina reencarnacionista. E em que consiste a reencarnação? Explica Allan Kardec: “A reencarnação é a volta da alma à vida corpórea, mas em outro corpo especialmente formado para ela e que nada tem de comum com o antigo” (O Evangelho segundo o Espiritismo, 67). Essa idéia de que a alma volta à vida corpórea é uma conversa frívola radicalmente contrária ao ensinamento de Jesus Cristo. Se não era missão de Jesus Cristo – e é isso que afirmam os espíritas – de promover a doutrina da reencarnação durante o seu ministério na terra, fica comprovado, ao mesmo tempo, que tudo o que Ele pregou e ensinou é contraditório ao que expõe, por exemplo, Allan Kardec, o autor da suposta “3ª revelação” de Deus aos homens.

    É o que verificamos, por exemplo, quando analisamos a doutrina espírita da pluralidade das vidas terrestres. Se de fato tivéssemos mais de uma vida, se de fato nossa alma reencarnasse em sucessivos corpos durante toda a nossa existência, então qual seria o motivo do autor da carta aos hebreus dizer que “está decretado que o homem morra uma só vez” (9,27)? A doutrina da reencarnação é radicalmente – e isso percebemos somente nesse versículo – contra o cerne da mensagem cristã. Allan Kardec também dizia:

    “O dogma da eternidade absoluta das penas é incompatível com o progresso das almas, ao qual opõe uma barreira insuperável. Esses dois princípios destroem-se, e a condição indeclinável da existência de um é o aniquilamento do outro” (O céu e o inferno, 78).

    Ora, e do que Jesus falava, por exemplo, quando dizia que aqueles que não praticarem a caridade para com os seus irmãos irão para o “castigo eterno” (Mt 25,46)? Não é o inferno um dogma proclamado incansavelmente por Jesus Cristo em seus ensinamentos? O que falar então do rico epulão que padecia “nos tormentos do inferno” (Lc 16,23)? O que dizer do “grande abismo” (Lc 16,26) que separa o inferno do seio de Abraão? Não seria essa parábola uma evidência clara da existência e da eternidade do inferno, do “fogo que não se apaga” (Mc 9,48)? Mas os espíritas não mudarão sua doutrina. Têm inclusive a audácia de blasfemar desse modo:

    “Se conseguissem convencer-nos de que é isso [a existência e a eternidade do inferno] o que a Bíblia afirma, nós a renegaríamos como falsa; e se nos provassem que ela é autêntica (isto é: que ela vem de Deus), nós renegaríamos o próprio Deus, porque não podemos adorar uma entidade cujos sentimentos de amor, justiça e misericórdia sejam inferiores aos nossos. E se há um Deus capaz de condenar uma de suas criaturas a sofrer eternos horrores por uma falta momentânea, cometida contra quem for, então esse Deus está muito abaixo das solas dos nossos sapatos. Nós nos julgaremos, por isso, muito superiores a um tal Deus!…” (Carlos Imbassahy, À margem do espiritismo, p. 162).

    Se o homem não se arrepender dos pecados que cometeu, se abandonar o pleno conhecimento da verdade para buscar o mal e não se arrepender disso, infelizmente, querendo ou não, choramingando ou não, irá padecer no fogo do inferno. Deus incessantemente propõe um apelo à conversão de seus filhos durante a sua vida terrestre. Se não querem ouvir, se não mudam sua conduta enquanto é tempo, Deus, que é misericórdia infinita, mas que também é justiça suprema, os precipita no fogo do inferno. Cada um receberá o que merece. E Deus é justo juiz: não pode antepor à sua justiça uma misericórdia irracional.

    “Visto que eu vos chamei, e vós não quisestes ouvir-me; visto que estendi a mão, e não houve quem olhasse para mim; visto que desprezastes todos os meus conselhos, e não fizestes caso das minhas repreensões, também eu me rirei da vossa ruína, e zombarei de vós, quando vos suceder o que temíeis” (Pr 1,24-26).

    “Se não vos converterdes, perecereis todos” (Lc 13,3).

    “Não digas: ‘A misericórdia do Senhor é grande; ele terá piedade da multidão dos meus pecados’, pois piedade e cólera são nele igualmente rápidas, e o seu furor visa os pecadores. Não demores em te converter ao Senhor, não adies em dia a dia, pois sua cólera virá de repente e ele te perderá no dia do castigo” (Ecl 5,6-9).

    Não bastasse crerem na reencarnação e negarem descaradamente a eternidade do inferno, negam também a nossa redenção por Jesus Cristo. Brada com perversidade Leão Denis: “Não, a missão de Cristo não era resgatar com o seu sangue os crimes da humanidade. O sangue, mesmo de um Deus, não seria capaz de resgatar ninguém. Cada qual deve resgatar-se a si mesmo, resgatar-se da ignorância e do mal. É o que os espíritos, aos milhares, afirmam em todos os pontos do mundo” (Cristianismo e espiritismo, p. 88). Isso é absurdamente contra o que nos ensina a Sagrada Escritura: “É pelo sangue de Jesus Cristo que temos a redenção, a remissão dos pecados, segundo a riqueza de sua graça que ele derramou profusamente sobre nós” (Ef 1,7). E não só isso! Com essa frase, o espiritismo vai contra o princípio fundamental da religião que é proclamar a onipotência divina. Se o sangue de Deus não pode resgatar ninguém, então Deus não é mais onipotente. Isso é um disparate!

    Fomos remidos pelo Sangue Precioso de Jesus Cristo, Cordeiro Imaculado, sim. Comprovam essa frase as seguintes passagens bíblicas:

    “Fomos curados graças às suas chagas” (Is 53,5).

    “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1,29).

    “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em redenção por muitos” (Mc 10,45).

    “Isto é o meu Sangue, o Sangue da Nova Aliança, derramado por muitos homens em remissão dos pecados” (Mt 26,28).

    “Vós sabeis que não é por bens perecíveis (…) que tendes sido resgatados da vossa vã maneira de viver (…), mas pelo precioso sangue de Cristo, o Cordeiro imaculado e sem defeito algum” (1 Pd 1,18-19).

    “Ele mesmo é a propiciação pelos nossos pecados” (1 Jo 2,2).

    “Fomos reconciliados com Deus pela morte de seu filho” (Rm 5,10).

    Enfim, embora Allan Kardec diga o contrário, está comprovado que a soteriologia e as leis espíritas são totalmente contra o que ensina o Nosso Senhor Jesus Cristo por meio das Escrituras. São Paulo alertou a Timóteo sobre esses malditos fautores de heresia que iludiriam os homens levando-os ao caminho do inferno: “Virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas” (2 Tm 4,3-4).

    Graça e paz

  11. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 14:51 | Permalink

    Home » Espiritismo Moderno
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Espiritismo Moderno
    Tagged with: Seitas

    É importante e urge lutar contra as trevas, tenham elas origem que tiverem, adotem seja qual for o nome. Se o demônio não nos dá trégua, façamos o mesmo com ele. E por duas armas: divulgando a verdade, e de rosário em punho. Com este somos imbatíveis… E o inferno sabe disso!
    ESPIRITISMO MODERNO
    Por D. Estêvão Bettencourt (Já falecido)

    INTRODUÇÃO
    A relação entre Espiritismo e Umbanda, por exemplo, é tão íntima que há quem diga que a Umbanda é complementação do Espiritismo; seria a quarta revelação (após a de Moisés, a de Jesus Cristo e a de Allan Kardec). Tenha-se em vista o texto do jornal “O Reformado” órgão oficial da Federação Espírita Brasileira, julho de 1953, p. 149:
    “Baseados em Kardec, é-nos lícito dizer: Todo aquele que crê nas manifestações dos espíritos, é espírita; ora o umbandista nelas crê, logo o umbandista é espírita… Assim todo umbandista é espírita, porque aceita a manifestação dos Espíritos, mas nem todo espírita é umbandista, porque nem todo espírita aceita as práticas de Umbanda”
    O Espiritismo seduz muitos fiéis católicos, seja por causa dos “fatos prodigiosos” que lá ocorrem, seja pela promessa de comunicação com os defuntos, seja porque o Espiritismo às vezes se reveste de capa católica, adotando no mês de Santos para os seus Centros e louvando Jesus Cristo… (*)
    Daí a necessidade de dizermos porque um católico não pode ser espírita. É o que faremos nas páginas seguintes, abrangendo sob a designação de Espiritismo também as religiões afro brasileiras (Umbanda, Candomblé, Macumba…); estas têm em comum com o kardecismo a prática da evocação dos mortos e a crença na reencarnação. (*) Já notaram como o espiritismo não louva a Maria?

    São sete as razões pelas quais não sou espírita (kardecista ou umbandista):

    1. GRANDE ILUSÃO
    Um dos fatores mais atraentes do Espiritismo é a aparente comunicação com os “espíritos desencarnados”; estes parecem acompanhar os vivos, consolando-os e orientando-os; é o que ocorre nos casos do copo falante, da psicografia, das casas mal-assombradas, etc.
    Ora, a explicação desses fenômenos por intervenção de espíritos do além podia ter crédito nos tempos de Allan Kardec (1804-1869). Hoje, porém, o estudo do psiquismo humano mostra que todos os fenômenos ditos “de mediunidade” são meras expressões do psiquismo do médium e de seus assistentes. Com efeito, a parapsicologia ensina que temos 7/8 de nossos conhecimentos (adquiridos desde a infância) em nosso inconsciente; usamos apenas 1/8 daquilo que sabemos. Ora, por efeito da sugestão, essas noções latentes sobem à consciência do indivíduo e lhe possibilitam manifestações que parecem estranhas, oriundas do além, quando na verdade são apenas expressões daquilo que a pessoa viu, ouviu, sentiu no decorrer de sua vida presente.
    O inconsciente, a sugestão e uma grande sensibilidade são, portanto, os principais fatores que explicam os fenômenos mediúnicos. O inconsciente é um enorme repertório de imagens, sons e experiências latentes no ser humano; está sujei to a ser ativado pela sugestão de que o médium vai receber um espírito do além e, por isto, terá que representar um papel condizente com tal “in corporação”.
    Não há fenômeno mediúnico que não possa ser explicado pela parapsicologia, de modo que é falso recorrer a intervenções do além para compreendê-los.
    Somente quem permite que a emoção e os sentimentos preponderem sobre o raciocínio e ciência, pode aderir ao Espiritismo. Este não é ciência, como diz, mas (doloroso afirmá-lo) é obscurantismo, pois supõe ainda o contexto do século XIX e ignora os resultados comprovados da Psicologia contemporânea.

    2. DESMENTIDO DAS IRMÃS MARGARET E KATY FOX
    Pouco se conhece um fato importante:
    1. O Espiritismo moderno, como dizem os próprios espíritas, começa em Hydesville (N.Y., U.S.A.) em 1848. Certa noite, o pastor protestante John Fox, sua esposa e as duas filhas Margarida e Catarina estavam a conversar sobre estranhos fenômenos de “assombração”; Catarina então produziu estalos com os dedos; notaram todos que alguém os repetia. Por sua vez, Margarida produziu estalos e encontrou o eco. Apavorada, a Sra. Fox perguntou: “E homem ou mulher que está batendo?”, mas não obteve resposta. Insistiu então: “E espírito? Se é espírito, bata duas vezes”. Produziram-se duas breves pancadas. Concluiu assim que um espírito “desencarnado” estava em comunicação com a família. Segundo se diz, os próprios espíritos indicaram às irmãs Fox em 1850 nova forma de comunicação: que os interessados se colocassem em torno da mesa, em cima da qual poriam as mãos; às interrogações que fizessem aos espíritos, a mesa responderia com golpes e movimentos indicadores de letras do alfabeto e de palavras.
    Em pouco tempo, as novas práticas se espalharam pelos Estados Unidos, pelo Canadá e pelo México. Atravessaram o Atlântico, chegando à Escócia e à Inglaterra: passaram para a Alemanha e outros países europeus, encontrado em 1854 na França o seu grande doutrinador: León Hippolyte-Denizart-Rivai que tomou o nome de Alan Kardec, pois julgava ser a reencarnação de um poeta celta do mesmo nome.
    2. Ora, eis o depoimento de Margaret Fox, publicado no jornal “The New York Herald”, de 24/ 9/1888:
    “Quando o espiritismo começou, Kate e eu éramos criancinhas e essa velha mulher, minha outra irmã, fez de nós seus instrumentos. Nossa mãe era uma tola. Era uma fanática. Assim a chamo porque era honesta. Acreditava nessas coisas. De fato, o espiritismo começou com um nada. Éramos apenas criancinhas inocentes. Que sabíamos nós? Ah chegamos a saber demais! Nossa irmã serviu-se de nós em suas exibições; ganhávamos dinheiro para ela”.
    Agora se vira contra nós porque é esposa de um homem rico e, sempre que ela o pode, opõe-se a nós.
    O Dr. Kane encontrou-me quando eu levava essa vida. (Sua voz tremeu, aqui, e quase desfaleceu). tinha eu apenas treze anos quando ele me livrou disso, colocando-me num colégio. Fui educada em Filadélfia. Aos dezesseis anos, casei-me com ele na ocasião em que voltou de uma expedição ártica. Agora, chegamos à triste história, tão triste… Ele se achava muito doente…
    Quando recuperei as forças, fui novamente empurrada para o espiritismo. Dei exibições com minha queridíssima irmã Kate. Sabia, então, é claro, que todos os efeitos por nós produzidos eram absolutamente fraudulentos. Ora, tenho explorado o desconhecido na medida em que uma criatura humana o pode. Tenho ido aos mortos procurando receber deles um pequeno sinaL Nada vem daí — nada, nada. Tenho estado junto às sepulturas, na calada da noite, com licença dos encarregados. Tenho-me assentado sozinha sobre os túmulos, para que os espíritos daqueles que repousavam debaixo da pedra pudessem vir ter comigo. Tenho procurado obter algum sinal. Nada! Não, não, não, os mortos não hão de voltar, nem aqueles que caem no inferno. Assim o diz a Bíblia católica, e eu o digo também. “Os espíritos não voltam. Deus nunca o ordenou”.
    3. Por sua vez, a Sra. Katy Fox (casada com o Sr. Jencken) deixou o seguinte testemunho, publicado no “The New York Herald”, de 10/10/1888:
    “O espiritismo é fraude do princípio ao fim. É a major impostura do século. Não sei se ela já lhe disse isso, mas Maggie e eu começamos quando éramos crianças muito pequeninas, pequenas e inocentes demais para compreendermos o que fazíamos. Nossa irmã Leah contava vinte e três anos mais que nós, Iniciadas no caminho do engano e encorajadas a isso, continuamos, é claro. Outros, com bastante idade para se envergonharem de tal infâmia, apresentaram-nos ao mundo. Minha irmã Leah publicou um livro intitulado ‘O Elo que faltava ao Espiritismo Pretende contara verdadeira história do movimento, tanto quanto se originou conosco. Ora, só há no livro falsidade do início ao fim. Salvo o fato de que foi Horace Greeley que me educou. O restante é uma cadeia de mentiras”.
    “E, quanto às manifestações de Hydesville em 1848 e aos ossos encontrados na adega, e o mais?’ ‘Tudo fraude, sem exceção” “Contudo, Maggíe e eu somos as fundadoras do espiritismo!”, concluiu a Sra. Jencken.
    “Debaixo do nome dessa terrível, horrorosa hipocrisia — o espiritismo — tudo que há de impróprio, mau e imoral é praticado. Vão tão longes a ponto de terem o que chamam ‘filhos espirituais’! Pretendem algo como a imaculada Conceição! Coisa alguma poderia ser mais blasfematória, mais nojenta, mais altamente fraudulenta! Em Londres, fui disfarçada, a uma sessão privada em casa de um homem rico. Vi uma chamada ‘materialização O efeito foi obtido por meio de papel luminoso cujo brilho se refletia sobre o refletor. A figura assim exibida era a de uma mulher– virtualmente um nu; envolvia-a uma gaze transparente. O rosto apenas se achava oculto. Era essa uma das sessões a que são admitidos alguns amigos privilegiados, não ‘crentes’, de espíritas ‘crentes Há, porém, outras sessões a que só são admitidos os mais provados e fiéis; aí ocorrem as coisas mais vergonhosas, que rivalizam com as saturnálias secretas dos antigos romanos. Não posso descrever-lhe es sas coisas, porque não ousaria”.
    4. O jornal “The World”, de 22110/1888, publicou a crônica da famosa sessão na Academia de Música de Nova lorque, ocorrida na noite de 21/ 10/1 888. A Sra. Margaret Fox Kane proferiu então, perante grande público, caloroso depoimento, que também se lê no livro de Davenport: The Death – BIow to Spiritualism (New York, 1888); desta obra extraímos o seguinte texto:
    “No dia 21 de outubro de 1888, a Sra. Margaret Fox Kane, realizou pela primeira vez seu intento de, com os próprios lábios, denunciar publicamente o espiritismo e seu séquito de truques. Apresentou-se à Academia de Música em Nova York perante numerosa e distinta assembléia e, sem reservas, demonstrou a falsidade de tudo quanto no passado fizeram sob o disfarce da ‘mediunidade’ espírita”.
    Foi dura provação. A grande tensão nervosa de que padecia tomou-lhe a mente altamente excitada, e o grande número de espíritas presentes na casa tentava criar uma perturbação, ou uma diversão desleal que teria por fim romper a força de renúncia da Sra. Fox. Falharam, porém, completamente, graças ao caráter superior que possuía a maioria de seus ouvintes.
    O efeito moral dessa exibição não poderia ter sido maior. A Sra. Kane manteve-se de pé sobre o palco; tremendo e possuída de intensos sentimentos, fez a seguinte e extremamente solene abjuração do espiritismo, enquanto a Sra. Catharine Fox Jencken assistia de um camarote vizinho, dando, por sua presença, inteiro assentimento a tudo que a irmã dizia:
    ‘Deveis, sem dúvida, saber que tenho sido o principal instrumento em perpetrar a fraude do espiritismo num público demasiadamente confiante.
    O maior sofrimento de minha vida é que essa é a verdade. Embora tenha essa hora chegado tarde, estou agora preparada para dizer a verdade, toda a verdade e nada senão a verdade — a isso Deus me ajude!
    Há, provavelmente, muitos aqui presentes que me hão de desprezar por causa do engano a que me tenho entregue; contudo, se soubessem a história verdadeira do meu passado infeliz, a viva agonia, a vergonha que tem sido para mim, haveriam de me lamentar, não reprovar.
    A impostura que por tanto tempo mantive, começou na minha tenra meninice, quando, o espírito e o caráter ainda não formados, era incapaz de distinguir entre o bem e o mal. Quando atingi a maturidade, eu me arrependi. Tenho vivido anos através de silêncio, timidez, desprezo e amarga adversidade, ocultando, o melhor que pude, a consciência de minha culpabilidade. Agora, graças a Deus e à minha consciência despertada, estou enfim apta a revelara verdade fatal, a verdade exata dessa hedionda fraude que tantos corações tem feito mirrar e obscurecido tantas vidas.
    Esta noite estou aqui como uma das fundadoras do espiritismo, para denunciá-lo como absoluta falsidade, do princípio ao fim, como a mais frívola das superstições, a mais maldosa blasfêmia do mundo.
    Os depoimentos aqui transcritos encontram-se na obra de D. Boaventura Kloppenburg: “O Espiritismo no Brasil”, Ed. Vozes, Petrópolis, 1960, pp. 426-447, onde se encontra também a cópia fac-símile das respectivas páginas dos originais ingleses.
    Notemos que, além da explicação por truques, ocorre à explicação pela parapsicologia quando se trata de fenômenos mediúnicos. Em nossos dias pode-se crer que a maioria dos médiuns e freqüentadores do Espiritismo são pessoas sinceras e de boa fé; sem o saber, estão provocando fenômenos parapsicológicos, que elas atribuem à intervenção de “espíritos desencarnados”.

    3. FATOR DE DOENÇAS MENTAIS
    A excitação do psiquismo humano provoca do pelo exercício da mediunidade não pode deixar de traumatizar a pessoa e tornar-se foco de doenças mentais. Atestam-no grandes médicos do Brasil, habituados a tratar de psicopatologias diversas. Eis alguns de seus depoimentos, colhidos por D. Boaventura Kloppenburg num inquérito realizado em 1953:
    Dr. Luís Robalinho Cavalcanti:
    “Não é aconselhável promover o desenvolvimento das faculdades mediúnicas, desde que se trata de fenômenos psicopatológicos prejudiciais ao indivíduo.
    O médíum deve ser considerado como uma personalidade anormal, predisposto a enfermidades mentais, ou já portador de psicopatias crônicas ou em evolução.
    As práticas mediúnicas são prejudiciais à saúde mental da coletividade, retardando o tratamento dos pacientes, que muitas vezes chegam às mãos do médico com enfermidade já cronificada. O Espiritismo põe em evidência enfermidades mentais preexistentes e desencadeia reações psicopatológicas em predispostos.
    São convenientes medidas que visem a evitar a prática de atividades médicas e terapêuticas por se tratar de contravenção, proibida pelas leis sanitárias, que só reconhecem ao médico com diploma devidamente registrado nos órgãos competentes o direito de tratar pessoas doentes”
    Dr. Francisco Franco:
    “Provocar fenômenos espíritas é desaconselhável porque danoso para o organismo; o médium forma-se um neurastênico, autômato, visionário, abúlico, antecâmara à esquizofrenia, um indivíduo perigoso para si e a sociedade.
    O médium nunca pode ser normal pelas razões expostas acima.
    O Espiritismo é uma farsa, portanto nula a sua finalidade.
    O Espiritismo está colocado em primeiro lugar como fator de loucura e de outras perturbações patológicas, agindo, sobretudo nas mentalidades fracas particularmente nas sugestionáveis. O Espiritismo é o maior fator produtor de insanos que perambulam pelas ruas, enquanto grandes percentagens enchem os manicômios, casas de saúde, segundo a opinião de abalizados psiquiatras, como Austregésílo, Juliano Moreira, Franco da Rocha, Pacheco e Silva.”
    Dr. Oswald Morais Andrade:
    O Espiritismo é prejudicial, principalmente nos meios incultos.
    É tese assente em Psiquiatria que o Espiritismo pode agir como fator desencadeante de distúrbios mentais em indivíduos predispostos.
    Aprovo uma campanha de esclarecimento da população contra a prática mediúnica”.
    Dr. Franco da Rocha no livro “Esboço de Psychiatria Forense”, p. 32, escreve:
    “A propósito das reuniões espíritas, num trabalho recente escreveram Soilier e Boissier: ‘Em benefício da profilaxia seria de conveniência divulgar os acidentes causados pela freqüência às sessões espíritas. Charcot, Forel, Vigoroux, Henneberg e outros publicaram exemplos de pessoas, sobretudo moças, anteriormente sãs, que se tornaram histéreo-espilépticas, em conseqüência de terem tomado parte nas cenas de evocação dos espíritos. É o resultado do automatismo, um exercício metódico para o desdobramento e desagregação da personalidade. Aqui fazem explodir ou agravam a neurose, acolá despertam e sistematizam a tendência à vesânia, que um vida regular e bem dirigida teria abafado. Tais são o perigos que devem ser conhecidos”
    Dr. Juliano Moreira:
    Respondeu nos termos abaixo a um inquérito realizado pelo Dr. João Teixeira Alvares, que publicou as respectivas respostas no livro “ Espiritismo” (Uberaba, 1914), pp. 122-125:
    ‘Tenho visto muitos casos de perturbações nervosas e mentais evidentemente desperta das por sessões espíritas. No Hospital Nacional, não raro, vêm ter tais casos.
    Até hoje não tive a fortuna de ver um médium principalmente os chamados videntes, que não fosse neuropata.”
    Dr. Joaquim Dutra:
    Respondeu ao mesmo inquérito:
    “As práticas espíritas estão incluídas, e com certa proeminência, entre as causas e efeitos das moléstias mentais, incluindo diretamente, pelas perturbações emotivas, com um coeficiente avolumado, para a população dos manicômios.
    Exageradas, até se tornarem preocupação dominante, elas preparam a loucura, quando não são mesmo uma denúncia da existência de loucura.
    Por impressionáveis, tais práticas concorrem para a alucinação, determinando emoções que acarretam perturbações vaso-motoras ou que provocam concentração psíquica, estados de abstração, perturbações graves nas funções vegetativas, alterações nas secreções internas, redundando tudo em auto- intoxicação…”
    Dr. Antônio Austregésilo:
    Em resposta ao Dr. João Teixeira Alvares:
    “O Espiritismo é no Rio de Janeiro uma das causas predisponentes mais comuns de loucura.
    Os médiuns devem ser considerados indivíduos neuropatas próximos da histeria.
    O Espiritismo é uma neurose provocada pela fácil auto-sugestibilidade, em que há predominância das alucinações psíco-sensoriais, sendo não raro histeria ou um estado hísteróíde’
    Tais depoimentos dispensam qualquer comentário. A experiência cotidiana os comprova amplamente.

    4. REENCARNAÇÃO
    A reencarnação vem a ser tese arbitrária, para a qual não há fundamento objetivo. Aliás, é tão subjetiva que os espíritas mesmos não concordam entre si a respeito.
    Assim, por exemplo, enquanto os espíritas latinos admitem firmemente a reencarnação, os anglo-saxões o rejeitam. E por quê? – Porque os anglo-saxões, movidos por preconceitos racistas, não podem imaginar que voltarão à Terra num corpo de raça negra ou indígena.
    Mesmo entre os reencarnacionistas há divergências: alguns dizem que a reencarnação é lei geral, ao passo que outros a admitem apenas para os espíritos mais atrasados ou para os perfeitos, que tem de cumprir alguma missão na Terra. Uns sustentam que o ser humano se reencarna sempre no mesmo sexo, enquanto outros professam variação alternativa de sexo. Uns ensinam que a reencarnação se faz apenas na Terra, enquanto outros admitem que ocorra também em outros planetas. Uns pensam que a reencarnação se dá pouco depois da morte, outros afirmam um inter valo de mil e quinhentos anos precisamente. Uns julgam que a reencarnação é não só progressiva, mas também regressiva, de modo que o indivíduo pode voltar à Terra num corpo animal ou vegetal; outros, ao contrário, dizem que a reencarnação não pode ser regressiva, mas, na pior das hipóteses, é estacionária por algum tempo…
    Como se vê, esta variedade de sentenças manifesta bem que a doutrina da reencarnação carece de base objetiva; é, antes, um postulado fantasioso dos que a professam. Com efeito, vejamos os argumentos aduzidos pelos reencarnacionistas:
    1) Os testemunhos de vida pregressa obtidos em estado de transe hipnótico. – Um estudo apurado dos mesmos revela que nada mais são do que a combinação de impressões colhidas durante esta vida mesma e guardados no inconsciente do sujeito. Este, sugestionado pelo hipnotizador de que viveu uma encarnação anterior, projeta essas impressões em combinação livre, tecendo o enredo de uma “vida pregressa”!
    2) A desigualdade das sortes humanas só se explicará como conseqüência de atos bons ou maus praticados numa encarnação anterior. – Respondemos que Deus é livre para criar os homens como Ele os quer; a cada qual Deus dá graça para que se santifique e chegue à vida eterna; às vezes uma pessoa tida como pobre ou do ente no plano material e passageiro pode ser extraordinariamente rica e sadia no plano dos valores definitivos. Ademais, segundo os princípios reencarnacionistas, quem atualmente é doente e pobre é um pecador que está expiando pecado da vida passada, ao passo que os ricos e sadio são pessoas virtuosas que estão recebendo o prêmio dos atos bons praticados em encarnação anterior. Ora, tais conclusões são absurdas.
    3) Os demais fenômenos tidos como provas da reencarnação (o “já visto”, os gênios, a memória extraordinária…) são facilmente explicados pela parapsicologia como expressões do psiquismo humano.
    4) O conceito de inferno… – Muitas vezes a má compreensão do que seja o inferno leva a rejeitá-lo em favor do reencarnacionismo. Na verdade, o inferno não é um tanque de enxofre fumegante atiçado por diabos munidos de tridentes, mas é um estado de alma, no qual o indivíduo se projeta por dizer Não a Deus: após a morte, a pessoa que morre consciente e voluntariamente avessa a Deus, é respeitada em sua opção definitiva, mas não pode deixar de reconhecer que Deus é o Sumo Bem… e o Sumo Bem que continua a amá-la irreversivelmente. É o fato de que Deus ama uma vez por todas, mas foi conscientemente preterido em favor de bagatelas, que causa o tormento do réprobo. Se Deus desviasse do réprobo o seu amor, ele não sofreria o inferno; mas Deus não pode deixar de amar, porque Ele não se pode contradizer. E precisamente nisto que está o princípio do inferno. Vê-se assim que o inferno, longe de contradizer ao amor de Deus, decorre, de certo modo, da grandeza divina desse amor.
    5) O reencarnacionismo atribui ao homem o poder de salvar a si mesmo mediante sucessivas existências na carne, durante as quais o indivíduo mesmo se aperfeiçoa por seus esforços. Ao contrário, o bom senso e a fé mostram que o homem é, por si só, incapaz de se libertar do pecado e necessita da graça de Deus para se salvar. Somente numa perspectiva panteísta (ver a seguir) é que se pode admitir a auto-salvação do homem (pois no caso ele é parcela da Divindade); contudo numa perspectiva monoteísta, segundo a qual Deus é distinto do mundo e do homem, é lógico que o homem limitado e falho como é, necessita de Deus para se auto-realizar plena mente.

    5. PANTEÍSMO
    O Espiritismo seja o kardecista, seja o afro brasileiro, parece dar menos importância a Deus do que aos espíritos desencarnados. O culto espírita versa geralmente sobre a comunicação com os mortos.
    Quando tratam de Deus, vários autores espíritas professam o panteísmo, ou seja, a identificação de Deus com o mundo e o homem. Ora, tal conceito é ilógico e aberrante, pois Deus, por definição, é o Absoluto e Eterno, ao passo que toda criatura é relativa, contingente e temporária. Eis alguns testemunhos significativos:
    Leão Denis:
    “Deus é a grande alma universal, de que toda alma humana é uma centelha, uma irradiação. Cada um de nós possui em estado latente forças emanadas do divino Foco” (“Cristianismo e Espiritismo”, 5ª edição, p. 246).
    “O Ser Supremo não existe fora do mundo, porque é sua parte integrante e essencial” (“Depois da morte”, 6ª edição, p. 114).
    O escritor espírita Rangel Veloso diz ter ouvi do a seguinte declaração num Centro Espírita:
    “Deus é como uma folha de papel, rasgadinha em milhões, bilhões e não sei quantas mais divisões. Lançados esses pedacinhos de papel no Universo, cada pedacinho de papel representa um homem e um ser existente; todos reunidos, formando o todo, é Deus” (”Pseudo-sábios ou Falsos Profetas”, 1947, p. 34).
    O 1° Congresso de Espiritismo de Umbanda adotou unanimemente a conclusão n° 5:
    “A filosofia (de Umbanda) consiste no reconhecimento do ser humano como partícula da Divindade, dela emanada límpida e pura, e nela firmemente reintegrada ao fim do necessário ciclo evolutivo no mesmo estado de limpidez e pureza, conquistado pelo seu próprio esforço e vontade”.
    (Textos colhidos no opúsculo de Frei Boaventura Kloppenburg: “Por que a Igreja condenou o Espiritismo”, 2ª edição, Petrópolis, 1954, p. 29).
    6. “FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO”
    O Espiritismo apregoa em alta voz a prática da caridade, sem a qual não há salvação. Tem razão em afirmar a importância da caridade. Todavia os espíritas chegam a relativizar a verdade, como se esta fosse algo de secundário, que não se teria de levar em consideração. Ora, observarmos que o ser humano foi feito para apreender a verdade com a sua inteligência e praticar o bem e o amor em seu comportamento. Por isto não se pode dizer que basta a caridade para a salvação eterna. Em nome da caridade mal entendida (ou mal iluminada pela razão e a fé), podem-se ter autênticas aberrações; a caridade desorientada pode tornar-se mero rótulo que dê aparência legítima ao egoísmo e à exploração do próximo. – De resto, a prática da caridade não é apanágio do Espiritismo, pois a Igreja Católica durante toda a sua história (portanto já muito antes de AlIan Kardec) sempre se empenhou pela sorte dos carentes tanto de corpo como de alma; muitos e muitos Santos foram, e são, verdadeiros heróis do serviço ao próximo.

    7. A BÍBLIA REJEITA
    Para quem é cristão, o texto bíblico tem valor de guia fundamental. Ora, a Bíblia condena eloqüentemente a evocação dos mortos:
    Lv 19,31: “Não vos voltareis para os necromantes nem consultareis os advinhos, pois eles vos contaminariam”.
    Lv 20,6: “Aquele que recorrer aos necromantes e aos adivinhos para se prostituir com eles, voltar-me-ei contra esse homem e o exterminarei do meio do seu povo”.
    Lv 20,27: “O homem ou a mulher que, entre vós, for necromante ou adivinho, será morto, será apedrejado, e o seu sangue cairá sobre ele ou ela”.
    Dt 18,10-14: “Que em teu meio não se encontre alguém que queime seu filho ou sua filha, nem que faça presságio, oráculo, adivinhação ou magia, ou que pratique encantamentos, que interrogue espíritos ou adivinhos, ou ainda que evoque os mortos; pois quem pratica essas coisas é abominável a Iahweh… Eis que nas nações que vais conquistar, ouvem oráculos e adivinhos. Quanto a ti isso não te é permitido por Javé teu Deus” Ver ainda 2Rs 17,17; Is 8, 19s.
    A proibição se deve não à suposição de que os mortos sejam incomodados pelos vivos, mas ao fato de que não há receita que garanta a comunicação entre vivos e mortos. A necromancia é superstição. A oração que os cristãos dirigem aos Santos, não se baseia em fórmulas ou receitas mágicas, mas unicamente na convicção de que Deus quer conservar a comunhão entre os membros do Corpo Místico de Cristo; por isto Ele faz que os justos no céu tomem conhecimento das preces despretensiosas que lhes dirigimos na Terra e, em conseqüência, intercedam por nós.
    Quanto ao caso de Saul, que evocou Samuel mediante a pitonisa de Endor e foi atendido (cf. 1Sm 28,5-15), não é paradigma, pois diz a própria Bíblia que Saul foi condenado por causa disso (cf. 1Cr 10,3). Deus permitiu que Saul recebesse de Samuel, naquele momento, a advertência de que estava no fim sua vida terrestre e no dia seguinte ia morrer, foi por causa da importância solene daquela hora que Deus permitiu a resposta de Samuel; ela não foi provocada pela arte da adivinha; esta apenas forneceu a ocasião ou as circunstâncias da manifestação de Samuel.
    * * *
    Eis por que não sou, nem posso ser, espírita. Religião não é apenas emoção e sentimento, mas é culto a Deus e serviço aos homens, sempre iluminado pelas luzes da razão e da fé na Palavra de Deus, O que muito atrai as pessoas ao Espiritismo, é a capacidade que este tem de suscitar afetos e emoções diversas, muitas vezes desligadas de senso lógico e espírito crítico. Ora, quem permite que os sentimentos preponderem sobre o raciocínio, arrisca-se a cometer graves erros doutrinários e prejudicar sua saúde psíquica… principalmente quando se trata de religião, que é um dos fatores mais aptos a impressionar o ser humano.
    Fonte: Escola Mater Ecclesiae

  12. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 14:57 | Permalink

    Home » Finlândia suspende vacinação contra H1N1 após vacina ser associada com aumento de narcolepsia
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Finlândia suspende vacinação contra H1N1 após vacina ser associada com aumento de narcolepsia
    Tagged with: Gripe Suína

    O Instituto Nacional de Saúde e Bem-Estar da Finlândia(THL) suspendeu o uso da vacina H1N1 em meio a temores de que a vacina está relacionada com um aumento de 300 por cento nos casos de narcolepsia, doença neurológica em crianças e jovens ao longo dos últimos seis meses.

    A notícia certamente irá desencorajar ainda mais pais e mães de vacinar seus filhos nos próximos meses, agora que a vacina da gripe suína será combinada com a vacina da gripe sazonal comum.

    A narcolepsia é um distúrbio neurológico que pode ser desencadeado por um vírus. “Um paciente que sofre de narcolepsia pode adormecer de repente, por exemplo, enquanto fala ou come sem nenhum aviso prévio. Seus músculos também podem enfraquecer de repente, fazendo com que colapsem de repente. Não há nenhuma cura conhecida para a doença”, relata o site de notícias. finlandesa YLE.

    “O Instituto Nacional de Saúde e Bem-Estar da Finlândia decidiu nesta terça-feira recomendar para que a vacinação contra a gripe suína com a vacina Pandemrix, produzida pelo laboratório GSK, seja suspensa até que se prove ou não que a vacina é a causa do surto de casos de narcolepsia entre crianças e jovens”, relata o maior jornal da Finlândia Helsingin Sanomat.

    A narcolepsia é um distúrbio muito raro, mas 15 novos casos da doença surgiram em jovens e crianças desde Dezembro na Finlândia. “Há uma correlação clara entre o tempo os casos e as vacinas da gripe suína”, relata o Helsingin Sanomat. O jornal reporta ainda que diversos casos não confirmados estão sendo estudados. Um número surpreendentemente elevado de casos de narcolepsia também surgiram na Suécia, na sequência do programa de vacinação H1N1.

    Pekka Puska, diretor-geral da THL, disse que a suspensão permanecerá em vigor até que a potencial ligação entre a vacina e os casos de narcolepsia seja adequadamente investigada.

    De acordo com a Kari Lankinen, médico-chefe da Agência de Medicina finlandesa, os médicos foram cúmplices em esconder a relação entre a vacina contra a gripe suína e narcolepsia e o fizeram para progredir em suas carreiras.

    “Lankinen suspeita que o motivo para o silêncio era a preocupação dos médicos sobre os seus próprios objetivos profissionais – como terem seus artigos publicados em revistas médicas internacionais. Os médicos que fizeram as observações nos últimos meses agora trabalham com o Instituto Nacional de Saúde e Bem-Estar (THL)”, relata YLE.fi.

    No total, cerca de 750 finlandeses experimentaram efeitos colaterais após tomarem a vacina H1N1, de acordo com o Helsinki Times.

    A notícia de ainda mais efeitos colaterais após a campanha de vacinação contra gripe suína deve enviar outro sinal de alerta para pais e mães de todo o mundo que estão planejando vacinar seus filhos contra a gripe sazonal neste outono (hemisfério norte).

    Ambos a FDA e a OMS recomendaram que a vacina contra o H1N1 fosse incluída na próxima vacina sazonal, e departamentos de saúde dos EUA e na Europa, tanto quanto do Brasil, estão combinando as vacinas.

    Como informamos no início deste ano, a investigação do presidente do sub-comitê de saúde do Conselho Europeu, Wolfgang Wodarg, sobre o surto de gripe suína de 2009, descobriu que a pandemia era um falso embuste fabricado por empresas farmacêuticas em conluio com a OMS para criar grandes lucros, pondo em perigo saúde pública.

    Wodarg disse que os governos foram “ameaçados” por grupos de interesse especial dentro da indústria farmacêutica, bem como pela OMS para comprar as vacinas e injetar suas populações sem qualquer razão científica razoável para fazê-lo, e ainda em países como Alemanha e França, apenas cerca de 6% tomou a vacina, apesar de ter quantidade o suficiente para cobrir 90 por cento da população.

    Wodarg disse que “não há outra explicação” para o que aconteceu fora o fato de que os que trabalhavam em conluio com a indústria farmacêutica fabricaram o pânico, a fim de gerar grandes lucros.

    Ele também explicou como as autoridades de saúde já “estavam à espera que algo acontecesse” antes de a pandemia começar e depois explorou o vírus para seus próprios propósitos. Outro renomado epidemiologista, Tom Jefferson, é da mesma opinião.

    Ambas as vacinas contra a gripe H1N1 e sazonais têm sido associadas com um número de diferentes efeitos colaterais em todo o mundo, incluindo a síndrome de Guillain-Barré, bem como a distonia, uma doença neurológica paralisante.

    A vacina contra a gripe sazonal também tem sido associada com convulsões em menores de 5 anos. A vacina foi suspensa na Austrália para crianças menores de 5 anos.

    No Brasil atê hoje não foram divulgados os dados sobre efeitos adversos associados a vacina, numa clara tentativa de burlar a população a acreditar que a vacina é segura.

    Como divulgamos aqui meses atrás, a própria Anvisa reconheceu que não se conhecem até agora todos os efeitos adversos da vacina, em uma nota relacionada com a polêmica sobre o falso positivo para testes de HIV após vacinação contra o H1N1. Da mesma forma, até agora não foram divulgados o teor dos contratos com os laboratórios farmacêuticos, que possivelmente continham cláusulas isentando os laboratórios por quaisquer danos causados pela vacina.

    Eu estou de posse de novas informações sobre vários casos de paralisia após a vacinação, e irei divulgá-los assim que tiver mais detalhes e provas.

    Em uma outra frente, irei contar o relato do que aconteceu comigo, quando desde abril tento obter do governo maiores informações sobre efeitos adversos. Fui tratado com arrogância e desprezo por funcionários do ministério da saúde, mostrando que a transparência deste governo dito democrâtico é apenas uma fachada. Estou considerando, juntamente com outras pessoas, entrar com uma denúncia direta ao ministério público para forçar a divulgação destas informações ao público.

    Abraços!!

  13. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 15:02 | Permalink

    Home » Banco Mundial ameaça com “medidas drásticas necessárias” para nações que se recusarem a aplicar medidas de redução da população
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Banco Mundial ameaça com “medidas drásticas necessárias” para nações que se recusarem a aplicar medidas de redução da população
    Tagged with: Nova Ordem Mundial

    Jurriaan Maessen
    Infowars.com
    02 de setembro de 2010

    Tradução: Wake Up!

    É o trabalho eugenista do Discovery Channel, multiplicado por um milhão. Não é simplesmente um solitário dizendo “bebês humanos parasitas” devem morrer, mas uma das maiores instituições financeiras internacionais, exigindo isso. Para fazer o contraste ainda mais notável, James J. Lee assustado no The Living Daylights e alguns funcionários Discovery Channel, do FMI e do Banco Mundial, querem tomar como refém nações inteiras.

    O FMI e o Banco Mundial, tomando como reféns nações inteiras.
    No seu Relatório sobre Desenvolvimento Mundial em 1984, o Banco Mundial ameaça as nações que são lentas na execução das políticas do Banco Mundial de “população” com “medidas drásticas, menos compatíveis com a escolha individual e liberdade”.

    O relatório, literalmente está saturado com propostas desumanizantes, é inteiramente dedicado às estratégias de longo prazo do Banco Mundial em relação ao controle da população:

    “(…) A política econômica e o desempenho na próxima década será assunto para o crescimento da população nos países em desenvolvimento por várias décadas e mais além; política da população e as mudanças no resto deste século irão definir os termos para o conjunto da estratégia de desenvolvimento nos próximos. ”

    Para ilustrar a gravidade na consecução dos objetivos da estratégia global de controle populacional do Banco Mundial, o relatório não se coíbe de ameaças definitivas:

    “A política da população tem um prazo longo, outras políticas de desenvolvimento devem entretanto, adaptar-se. Inação hoje exclui “opções para o amanhã”, na estratégia de desenvolvimento global e na política de futuro da população. O pior de tudo, a fome hoje pode significar que medidas mais drásticas e menos compatível com a escolha individual e a liberdade, vai parecer amanhã necessárias para desacelerar o crescimento da população. ”

    No prefácio, o então presidente, do Banco Mundial em 1985 e membro bilderberg, Alden W. Clausen, declarou:

    “(…), Embora os custos diretos dos programas do Banco Mundial para redução do crescimento populacional sejam grandes, um maior compromisso da comunidade internacional é extremamente necessário para ajudar os países em desenvolvimento, o grande desafio de desaceleração do crescimento da população.”

    “(…) Os governos podem utilizar incentivos e desincentivos para assinalar a sua política sobre o tamanho das famílias”, afirma o relatório. “Com os incentivos, a sociedade como um todo compensa os casais dispostos a renunciar os benefícios privados de mais uma criança, ajudando a reduzir o fosso entre os ganhos privados e sociais de alta fertilidade.”

    Para dar um exemplo adequado de preferência do Banco Mundial para o total controle do governo sobre o povo e sua intenção de interferir nas decisões pessoais dos cidadãos, a seguinte citação será suficiente (página 107):

    “Ao tributar e gastar de forma a proporcionar casais com incentivos específicos e desincentivos ao limite de sua fertilidade, a política governamental também pode afetar a fertilidade a curto prazo. O governo pode oferecer “recompensas” para as mulheres que adiam a gravidez, que pode compensar as pessoas que se submetem à esterilização de perda de trabalho e os custos de viagem, e que pode fornecer sistemas de segurança e seguro de velhice para os pais que restringem o tamanho de suas famílias. Cada uma destas políticas públicas de obras por meio de sinais que influenciam as decisões individuais e familiares, quando se casar, se deve usar um método contraceptivo, quanto tempo para mandar os filhos à escola, expectativa de vida e quanto e como trabalham os membros da família. ”

    Sob o cabeçalho “incentivos e desincentivos” (página 121), o Banco Mundial propõe vários outros exemplos da interferência do governo nos assuntos da humanidade livre:

    “Para complementar os serviços de planejamento familiar e programas sociais que ajudam a reduzir a fertilidade, os governos podem querer considerar incentivos financeiros e outros e desincentivos como outras formas de incentivar os pais a ter menos filhos. Os incentivos podem ser definidos como os pagamentos dados à um indivíduo, casal ou grupo para retardar ou limitar a procriação, ou uso de contraceptivos. (…). Desincentivos são a retenção de benefícios sociais daqueles cuja família tamanho excede a norma desejada. ”

    O relatório utiliza o exemplo da China para esclarecer tais medidas podem ser altamente bem sucedida se os governos estiverem dispostos a implementá-las:

    “Com exceção da China, os esforços para aumentar a idade de casamento pela persuasão não têm sido particularmente bem sucedidos.”

    “Na China, a taxa de natalidade no final de 1982 foi estimada em dezenove por 1.000 pessoas, menos do que quarenta em 1960. O valor atual, baseado em registros de nascimento em vez de um censo, pode ser ligeiramente subestimar a taxa real de nascimento, mas ainda seria bem inferior às taxas atuais no Sul da Ásia, África e parte da América Latina. ”

    Na página 124, no relatório do Banco Mundial fala ainda mais das “maravilhosas” realizações do governo chinês:

    “A China tem o mais abrangente conjunto de incentivos e desincentivos, projetado (mais recentemente) em favor de famílias com um filho. Desde o início da década de 1970, mulheres submetidas a vários tipos de operações relacionadas com a fertilidade têm direito a férias pagas, nas áreas urbanas de catorze dias para aborto induzido, dez dias para laqueadura tubária; dois a três dias para a inserção ou remoção de um DIU, e no processo de esterilização pós-parto, sete dias sobre o padrao normal e cinqüenta e seis de licença-maternidade remunerada. ”

    Estranhamente, o relatório vai ainda mais longe ao ponto de sugerir a introdução vans de “esterilização” e “campos”:

    “A esterilização masculina, e a feminina com DIU pode ficar mais facilmente disponíveis através de meios móveis (como vans de esterilização da Tailândia) ou “acampamentos”(como vasectomia e-tubectomy cem ampos na Índia e DIU “safaris” na Indonésia).”

    Deixando claro que a estratégia global do Banco Mundial para redução da população deve ser implementado de forma específicas de cada país, o relatório afirma:

    “A agenda política específica para cada país depende da sua cultura política, sobre a natureza do problema que enfrenta, e sobre o que já realizou.”

    O que tem de ser global, de acordo com o Banco Mundial, continua a urbanização: as pessoas bem trancado em municípios maciços. O relatório explica:

    “Viver em cidades pequenas não reduz menos a fertilidade do que a vida nas grandes cidades. Muitas destas alterações têm tempo para ter um efeito e apenas sublinha a necessidade de começar agora. Ao mesmo tempo, outras medidas se complementam e a velocidade de mudança sócio-econômica pode acelerar o declínio da fertilidade. ”

    Este relatório está completamente em sintonia com as estratégias traçadas pela ONU, Fundação Rockefeller, Ford Foundation, Organização Mundial da Saúde e FMI, mostrando como eles se movem para despovoar a terra em um esforço consorciado global. Os pretextos para a redução da fertilidade dada ao longo do relatório estao desfarçados através dos logos “desenvolvimento sustentável” e “redução da pobreza”. A verdade é que, assim afirma o próprio Banco Mundial, para introduzir e desenvolver “medidas políticas para aumentar o bem-estar das pessoas, bem como (com objetivo de) reduzir a fertilidade.”

    Fonte: Infowars – World Bank Threatens “Drastic Steps Necessary” if Nations Refuse Population Reduction Implementation

  14. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 15:08 | Permalink

    Home » Os efeitos colaterais da vacina contra gripe suína
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Os efeitos colaterais da vacina contra gripe suína
    Tagged with: Gripe Suína Vacina

    9/3/2010

    “Se tomá-la (a vacina) com fé, vai adiantar!”

    A campanha para vacinação da gripe suína iniciou-se esta semana por todo Brasil. A meta do governo de vacinar cerca de 91 milhões de brasileiros é viável, segundo o infectologista David Uip. Na Alemanha, cuja população fora vacinada antes do inverno europeu (final de 2009), já aparecem os primeiros processos judiciais devido aos efeitos colaterais causados pela vacina. Veja artigo de jornal alemão abaixo.

    Governador José Serra aplica uma vacina em Isaías Raw
    Em ritmo de samba, suor e pandeiro, Ministério da Saúde, fabricantes de vacinas e a grande mídia alardeiam com muita satisfação o início da mais nova campanha de vacinação em massa da população, desta vez contra a “pandemia” H1N1, conhecida popularmente como “gripe suína”.

    Mesmo reconhecendo que o efeito até o momento desta “gripe suína” se assemelha ao da gripe comum, o governo federal gastou bilhões de reais para comprar vacina, mobilizar servidores públicos, hospitais, laboratórios etc. Sob a batuta da Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde comprou milhões de vacinas do laboratório Glaxo Smith Kline. Outro lote foi adquirido do Instituto Butantan, dirigido por Isaías Raw.

    É claro que nunca iríamos imaginar que o diretor do Instituto Butantan estivesse tomando uma “vacina preparada”, sem qualquer antígeno e adjuvante – NR.

    Vejamos o que o Portal da Saúde, ligado ao Ministério da Saúde responde diante da seguinte pergunta:

    Esse vírus influenza pandêmico (H1N1) 2009 é mais violento e mata mais do que o vírus da gripe comum?
    Até o momento, o comportamento da nova gripe se assemelha ao da gripe comum. Ou seja, o vírus pandêmico (H1N1) 2009 não se apresentou mais violento ou mortal, na população geral. A maioria absoluta das pessoas que adoece, seja pela gripe comum, seja pela gripe pandêmica, desenvolvem formas leves da doença e se recuperam, mesmo sem uso de medicamentos. Para ambas as gripes pessoas com doenças crônica, gestantes e crianças menores de dois anos são mais vulneráveis. Mas quando consideramos a população jovem previamente saudável, este vírus pandêmico tem um maior potencial de causar doença grave, quando comparado com o vírus da gripe comum. Por outro lado, o vírus pandêmico tem acometido menos as pessoas maiores de 60 anos. Mas ainda são necessários estudos mais aprofundados que estão sendo realizados, em todo o mundo, para esclarecer o comportamento do novo vírus. [portal.saude.gov.br]

    Inacreditável! Mesmo sabendo que o efeito do “vírus” é tão insípido como aquele da nossa sempre recorrente gripe comum, o governo atual se curva diante do poder político de organismos supranacionais (OMS) e de conglomerados industriais do cartel farmacêutico – NR.

    O que acontece então nos países que já vacinaram em massa a população, apesar da não-desprezível recusa popular em receber a vacina? Segue um artigo de um jornal da Alemanha:

    A grande histeria em torno da gripe suína arrefeceu-se, porém, a apuração dos casos nas esferas médicas e jurídicas está correndo a todo vapor. Segundo informações do nosso jornal, cerca de 1.400 cidadãos alemães reclamaram de fortes efeitos colaterais após terem tomado a vacina contra o H1N1 – tendência de alta. No estado da federação Nordrhein-Westfalen um milhão de pessoas receberam a vacina.
    Os efeitos colaterais mais citados são dores de cabeça (301 reclamações), dores no local da vacina (283), assim como dores de cabeça e calafrios. Mais de 100 vacinados vieram a desmaiar. “As secretarias de saúde investigam no momento se os efeitos colaterais foram provocados de fato pela vacina ou trata-se, por coincidência, de outra doença, a qual apareceria também sem a vacina”, disse Susanne Stöcker, porta-voz do Instituo Paul-Ehrlich, em Frankfurt.
    No Ministério da Saúde em Düsseldorf já existem quatro processos de pacientes que afirmam ter adoecido gravemente após terem tomado a vacina. Uma mulher de Warendorf, que teve que ser internada num hospital, entrou na semana passada com um processo indenizatório na Cooperativa agrícola de Westfalen-Lippe. Um outro processo também deve-se iniciar em breve.
    O Instituto Ehrlich parte do princípio que o adjuvante introduzido nas vacinas pelo fabricante Glaxo Smith Kline não representa um dano em potencial: “Naturalmente os efeitos colaterais são algo um pouco mais forte do que uma vacina normal. Isso nós sempre dissemos. Mas nós não temos qualquer conhecimento de uma enfermidade mais grave.”
    Especialistas, políticos e médicos se reúnem agora para discutir como pode ser evitada uma histeria semelhante à que ocorreu com a gripe suína, diante de uma nova pandemia. Já existem críticas a vários funcionários da saúde: “Muitos provocaram muita merda através de suas declarações desastrosas. Isso não pode acontecer novamente”, disse um especialista que não quer citar seu nome. [Ibbenbürener Volkszeitung]

    Qual seria a reação dos brasileiros de nossa “aldeia global” diante de um quadro semelhante?

    Leiam ainda:

    Imunidade jurídica para fabricantes da vacina H1N1

    Por ignorar os efeitos colaterais da nova vacina contra a gripe suína, governo norte-americano concede passe-livre aos fabricantes para utilizarem nossas crianças como cobaias. Primeiro salvam-se os bancos com dinheiro do contribuinte; agora seu próprio corpo será usado para aumentar o lucro da indústria farmacêutica.

    Alerta: nano-partículas nas vacinas da gripe suína

    Utilização de partículas-nano nas vacinas tem por objetivo aumentar sua eficiência. Mas existe um efeito colateral: elas provocam danos irreparáveis nas vias respiratórias.

    Uma médica corajosa denuncia!

    Entrevista com a ex-”Ministra da Saúde” da Finlândia, Dr.ª Rauni Kilde. “Sim, em 76, houve um surto de gripe suína, nos Estados Unidos. Após três semanas, suspenderam as vacinações por tantas pessoas terem morrido, ou por terem apanhado a síndrome Guillian-Barré. O seu sistema neurológico ficou destruído. Agora, após um pequeno ajuste, estão a fazer a mesma coisa…”.

  15. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 15:11 | Permalink

    Home » Bilderbergs: Preparação para o Governo do Anticristo
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Bilderbergs: Preparação para o Governo do Anticristo
    Tagged with: Nova Ordem Mundial

    Esses dias houve na Espanha um evento muito importante para a humanidade, e não, não estou falando do Rock’n’Rio Madri.. estou falando de uma das reuniões da cúpula, dos grandes senhores da humanidade, também conhecidos como iluminatis: a reunião dos Clube dos Bildebergs.

    Embora muita gente tenha falado muito sobre isso já, e não estou me referindo ao Jornal Nacional, enfim todos nós que acompanhamos soubemos que ali naquela reunião foram decididas coisas, ações que irão nos afetar e muito, num futuro muito, muito próximo.

    Assim nas fotos relacionadas a esse evento nós vimos ministros, chefes de estado, pessoas importantes política e economicamente, no mundo, comparecendo a este evento, e também vimos cartazes de pessoas que pediam: pare a nova ordem mundial! Oh sim, houve a meia dúzia de gatos pingados de sempre pedindo o .. impossível!

    Na verdade, embora até hoje a tendência em analisar este tipo de assunto tenha sido sempre aquela idéia de que este tipo de evento e os complôs relacionados estão objetivando, como de fato também estão, simplesmente tomar o controle do mundo, das nações, economicamente e politicamente, sim, há essa intenção também, mas isso não é de forma alguma a meta final dessas pessoas. Porque analisando friamente, isso elas já tem. Todos os bancos, a bolsa, as empresas, os governos, tudo, já se move seguindo as ordens deles, até em coisas que imaginamos ser um acaso da natureza e não controlável pelo homem, como por exemplo a última epidemia de gripe suína.

    Então qual seria o verdadeiro objetivo dessas pessoas que se reúnem a intervalos, para decidir o futuro do mundo?

    Na verdade, o objetivo deles é entregar o mundo nas mãos do anticristo. Não é algo sequer parecido com a nova ordem mundial que imaginamos até hoje, não é questão de dinheiro, de poder, de controle, porque isso eles já tem realmente, a grande batalha que se trava aqui é espiritual.

    Aquela batalha que assistimos desde que Adão botou os pezinhos no paraíso.. o bem contra o mal, Deus e o diabo, a escuridão contra a luz.. e essas pessoas fazem parte da escuridão.

    Talvez no futuro, elas sejam descartadas pelo anticristo, pois este homem que já existe e está prestes a nos comandar de direito, por um breve tempo, não sente lealdade nem gratidão por nada nem por ninguém.. já sabemos que os maçons, que hoje em dia são inocentes úteis trabalhando contra a Igreja, contra Deus e a favor da besta, eles também, quando acabar seu trabalho, serão descartados, presos, perseguidos, mortos, sim, eles também, não há ninguém seguro no governo do anticristo, mesmo se trabalhando para o diabo.

    É importante sabermos de suas manobras, mas é mais importante ainda termos consciência dessas coisas, pois o anticristo futuramente pode alegar ter, ele também, descoberto as manobras de poder dos iluminati e nos salvo delas, tomando o governo para si, e isso tudo em nosso favor! O que seria uma grande mentira!

    Então, quando ouvirmos falar sobre nova ordem mundial, illuminatis, futuramente, tenhamos sempre em mente que isto tudo realmente está acontecendo, sim, e há centenas de anos, mas tudo isso também é muito maior do que aparenta, porque não é algo mensurável ou compreensível totalmente pela razão humana. Afinal como poderíamos imaginar que pessoas dedicam suas vidas para que seja implantado o reino do diabo na terra? Para elas, o dinheiro, o poder, o controle das populações, sim, mas não é isso que elas querem de verdade.. é ter tudo isso para colocar aos pés de satanás, e oferecer todos nós em holocausto a ele, para que ele faça daqui de nosso planeta a filial do inferno.

    Precisamos estar convictos dessa realidade, para podermos lutar corretamente contra isso. Não contra o processo em si, que já está em fase final e em breve será implantado totalmente, com a vinda do anticristo, mas lutar sabendo que a batalha não é para retirar ninguém do poder, pois isso não poderá mais ser feito, não no estágio em que chegamos, mas para salvar as almas! Sim, as almas, porque tudo é feito em última análise, visando o controle das almas. Como é uma batalha espiritual, nossas melhores armas são aquelas que Deus nos concede. Oração, sacramentos, evangelização. É com isto que devemos nos esforçar para lutar mais daqui para frente. É pelas nossas almas que devemos lutar, porque a liberdade nesta terra, nós já perdemos! Não dá para voltar atrás! Mas as almas, ainda dá pra salvar!

    Maria Rogado

  16. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 15:23 | Permalink

    Home » Como agem os arquitetos da Nova Ordem Mundial em Hollywood
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Como agem os arquitetos da Nova Ordem Mundial em Hollywood
    Tagged with: Nova Ordem Mundial

    O dinheiro fala muito alto, especialmente em Hollywood. Se você tem dinheiro, você pode começar qualquer coisa, e eles sabem disso. Eles também podem canalizar o dinheiro em campanhas publicitárias, etc, para os seus filmes. Quantos filmes cristãos tiveram grandes campanhas nos últimos vinte anos? Pouquíssimos. Quantos filmes com temática ocultista

    Como agem os arquitetos da Nova Ordem Mundial em Hollywood
    O texto a seguir é parte de uma entrevista de Svali, pseudônimo de uma ex-iluminista de linhagem e ex-programadora de mentes que rompeu com o culto e se tornou cristã. Aqui ela comenta sobre a atuação do culto sobre a mídia e o cinema.

    Os Illuminati acreditam que controlar a mídia é controlar o público. Esta é uma das metas de sua agenda. Lembre-se: finanças, mídia, direito, governo e educação são as áreas apontadas como sendo os melhores meios para dominarem a sociedade.

    Pequenas corporações para investimento de fundos em filmes que promovam as idéias que lhes agradam
    Como eles fazem isso? Eles não vão a um produtor de cinema e dizem: “Olá, muito prazer, nós somos membros dos Illuminati e queremos fazer um filme que promova nossa agenda”. (Lembre-se, eles não são estúpidos). Em vez disso, eles formam uma pequena corporação para investimento de fundos em filmes que promovam as idéias que lhes agradam. Tranquilamente, eles contratam atores, produtores, diretores e roteiros, mas eles nunca mencionam publicamente a sua filiação ou porque estão fazendo tal coisa.

    O dinheiro fala muito alto, especialmente em Hollywood. Se você tem dinheiro, você pode começar qualquer coisa, e eles sabem disso. Eles também podem canalizar o dinheiro em campanhas publicitárias, etc, para os seus filmes (quantos filmes cristãos tiveram grandes campanhas nos últimos vinte anos? Muito poucos. Quantos filmes com temática ocultista?)

    Este tem sido um processo mórbido, lento e sutil. Eles têm trabalhado nos bastidores por centenas de anos, pois sabem que o público é lento para aceitar novas idéias, que devem ser incutidas gradualmente. Eles chamam a isso de liderança sobre as “ovelhas” que é um de seus termos para “ignorante”. E assim tem sido. O número de filmes com temática no oculto que tem saído nos últimos dez anos deveria fazer qualquer pessoa parar e pensar.

    Por que a sensibilização dos jovens americanos para o ocultismo e a magia?
    Por que tantos filmes com este tema? Por que a sensibilização dos jovens americanos para o ocultismo e a magia? Basta olhar para cartoons nas manhãs de sábado. Eu não permito que meus filhos assistam, exceto “animaniacs” e Bugs Bunny, às vezes. Em vez disso, nós alugamos antigos clássicos com Audrey Hepburn e John Wayne. Eu posso lhe enviar alguns artigos de pesquisadores que fizeram um excelente trabalho de investigação sobre Walt Disney (que era um iluminista, e sua Fantasia é utilizada pelos Illuminati para programar crianças).

    Alguns filmes que retratam a flagrante agenda iluminista: The Matrix. Fiquei pasma quando assisti aquele filme. As referências ao condicionamento e ao núcleo eram tão gritantes, que não era nada engraçado. Clube da Luta: Eu amo Brad Pitt e Ed Norton, e este filme é uma homenagem ao poderio militar secreto em curso mas que, no entanto, o cidadão comum não percebe. Além disso, Ed possui uma personalidade dissociada no filme, como o assume o personagem de Pitt (note que a figura cult-militar é a criação do “mais forte” na história).

    Todos os filmes que trazem um ponto de vista oculto, sobrenatural ou que mostram fenômenos psíquicos, viagem astral, ou põem em contato com o mundo espiritual fazem parte dessa agenda
    O Labirinto: Eu não assisti, mas meu marido assistiu, e tudo o que se menciona são puras histórias da programação Illuminati utilizadas para condicionar crianças. Todos os filmes que trazem um ponto de vista oculto, sobrenatural ou que mostram fenômenos psíquicos, viagem astral, ou põem em contato com o mundo espiritual estão garantidos para fazerem parte dessa agenda. Eu evito assisti-los. Já vi o suficiente de tudo isso em minha vida real.

    O sensacionalismo de rituais e símbolos ocultos na televisão são outro exemplo. Histórias de fantasmas, histórias de bruxas. Os livros infantis sobre Magos e sua formação, hoje tão extremamente populares.

    Oh, sim, Starship Trooper. Este teve assim muitos símbolos do culto (o Iluministas têm uma forte ideologia ariana também) que eu quase tive vontade de rir quando assisti. Contei pelo menos 100 referências ocultistas nesse mesmo filme.

    Muitos atores e muitas atrizes estão sendo usados em filmes financiados por essas pessoas
    Muitos atores e muitas atrizes estão sendo usados em filmes financiados por essas pessoas. Alguns podem conhecer a agenda, outros provavelmente não, contanto que eles recebem um cheque de pagamento. Alguns também são iluministas, embora eu não saiba exatamente quem seja. Eu sei de alguns poucos que são, mas não quero arriscar um processo por difamação aqui.

    Enfim, eu estava muito ocupada com o treinamento, em conhecer os efeitos das drogas sobre as pessoas que vão nessas reuniões e não prestava muita atenção nesse aspecto do grupo, quando eu estava nele. Desculpe, mas eu não tenho muitos nomes famosos nas minhas lembranças. Eu vivi uma vida relativamente muito chata como professora e programadora de mentes, e nós raramente discutíamos sobre os meios de comunicação, exceto pelo fato de que, também esses mesmos meios de comunicação são outra ferramenta para trazer “A Nova Ordem”, que é a motivação de todos os iluministas.

    Os iluministas não tem a consciência de que sejam pessoas más
    Eu desejo abordar aqui um outro equívoco. Isto é, a de que os iluministas tenham consciência de que eles sejam pessoas más. Quando eu estava no culto, eu e os que me rodeavam estávamos todos ideologicamente comprometidos com a agenda iluminista tendo-a como algo sumamente bom. Acreditávamos ajudar os outros a atingirem seu potencial pleno. Eu acreditava nisso quando era programadora de mentes.

    Acreditava que depois de anos de suor e trabalho duro, usando a minha inteligência, eu estava formando excelentes líderes. Assim como eu, outros integrantes do culto honestamente acreditam que estão fazendo uma coisa muito boa. E se você lhes disser que o que fazem é errado, ou mal, eles irão olhar confusos para você.

    Eu tinha dedicado minha vida a ajudar os outros a trazerem a “Nova Ordem gloriosa”
    Gastei muito tempo fazendo terapia e desprogramação, através de verificações da realidade com pessoas de fora do culto, para assim perceber que era tudo mentira.

    Fiquei arrasada.

    Eu tinha dedicado minha vida a ajudar os outros a trazerem a “Nova Ordem gloriosa”. E depois descobri que essa Nova Ordem é má e abusiva. Passei por um período de intensa luta.

    Eu sei que a maioria dos Iluministas não são maus. Eles foram enganados. Só a liderança da cúpula talvez o seja conscientemente.
    ________

    Declarações de Svali, pseudônimo de uma ex-iluminista de linhagem e programadora de mentes. Conseguiu romper com o culto e tornou-se cristã.
    Cf. http://web.archive.org/web/20030609103208/centrexnews.com/columnists/svali/archive.html

  17. Valentim Alencar
    Posted setembro 25, 2010 at 15:36 | Permalink

    Home » Executivos defendem sociedade sem dinheiro vivo
    ENVIAR ESTE ARTIGO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

    Siga-me no Twitter

    Receba novos posts de Fimdostempos.net por E-mail
    Executivos defendem sociedade sem dinheiro vivo
    Tagged with: Microchip

    17 de janeiro de 2010

    É natural que um executivo de empresa de cartão de crédito queira ver cada vez mais o dinheiro de plástico tomar o lugar do papel-moeda. Mas Steve Perry, vice-presidente executivo da Visa Europa, tem feito mais do que isso: ele vem reunindo dados e fazendo campanha a favor de uma sociedade sem cédulas na carteira. “Dinheiro vivo é caro. Precisamos reduzir seu uso”, afirma ele.

    Caro? Vinhos raros são caros, assim como roupas feitas sob medida ou arte moderna. Mas dinheiro? “Por que os supermercados inventaram o cashback?”, pergunta ele (cashback é um sistema comum na Europa em que o caixa da loja cobra a mercadoria do cliente e ainda oferece a possibilidade de saque de dinheiro vivo, como se fosse um caixa eletrônico de banco).

    O próprio Perry responde: “Os supermercados querem o dinheiro fora do sistema, para que haja o mínimo possível para ele administrar. Processar uma transação com cartão pode ser mais barato do que ficar manuseando dinheiro”, afirma ele.

    Perry é uma liderança entre seus pares executivos na defesa da cashless society, ou a sociedade sem dinheiro vivo, em tradução livre. Ele pode ser suspeito para defender isso, afinal é do time do dinheiro de plástico. Mas diz que vem sendo cada vez mais fácil defender seu lado. A última ajuda veio do Conselho de Pagamentos da Grâ-Bretanha, que previu o fim do recurso do cheque para 2018. O conselho responde pela escolha das estratégias que definem as melhores formas de pagamento para todos os envolvidos nas transações financeiras na Grã-Bretanha.

    “Há métodos muito mais eficientes de fazer pagamentos no século 21 do que por meio de papéis. Chegou a hora de a sociedade colher os frutos de sua substituição”, afirma Paul Smee, executivo-chefe do conselho e outro entusiasta da sociedade sem dinheiro vivo.

    Para Perry, o mesmo argumento vale para as cédulas e moedas. Elas nunca deverão ser completamente substituídas, pois afinal estão entre nós desde 3 mil anos antes de Cristo. “Mas na era da eletrônica, bem que os pagamentos podem evoluir um pouco”, diz.

    A questão central é o custo. A Comissão Europeia calcula que a soma de todos os pagamentos para a sociedade, incluindo dinheiro vivo, cheques e cartões, alcance de 2% a 3% do Produto Interno Bruto dos países europeus. E que o dinheiro vivo seja equivalente a dois terços desse total. Para comparar, o setor da agricultura responde por 2,1% no PIB continental. “Ou seja, gastamos mais em pagamentos do que produzimos em comida”, afirma Perry.

    Estima-se que o custo do dinheiro para cada cidadão seja de 200 euros (R$ 500) por ano. E que o custo para um lojista seja equivalente a 1,3% do preço de venda de um produto

  18. Edna
    Posted outubro 10, 2010 at 17:28 | Permalink

    Gostaria de saber de “Valentim Alencar” se ele mora em Marabá e se tem parentes na Bhia, porque procuro um parente com este nome.Obrigada. Edna

  19. Gilgamesh
    Posted abril 3, 2011 at 21:34 | Permalink

    Para conhecimento, segue uma pequena lista de pesquisadores e cientistas e alguns de seus respectivos trabalhos e obras no campo da metafísica e seus fenômenos (vida após a morte, mediunidade e reencarnação), e a maioria deles nem espírita é:

    Dr. Ian Stevenson(*);Jim Tucker (EUA, “A Vida Antes da Vida”); Bruce Greyson (EUA, “A Experiência do Quase-Morte: Problemas, Prospectos, Perspectivas”); Dr. Raymond Moody (EUA, “Investigando vidas passadas”); Dr. Puarich; Dr. Morris Netherton (EUA, “Vidas Passadas em Terapia”); Dra. Edith Fiore (EUA, “Já Vivemos Antes”); Dr. Brian Weiss (EUA, “Muitas Vidas, Muitos Mestres”); O físico Patrick Druout (França, “Vidas Anteriores e Futuras”); Dra. Helen Wambach (EUA, “Recordando Vidas Passadas”); Dra. Mª Júlia Prieto Peres (Brasil, “A TVP no Brasil”); Dr. Júlio Prieto Peres (Brasil, “Trauma e Superação: O que a Psicologia, a Neurociência e a Espiritualidade Ensinam”); O Eng. Hernani Guimarães Andrade (Brasil, “Reencarnação no Brasil”); Dra. Gláucia Lima (Portugal); Dr. José Correia (Portugal); Dr. Mário Simões (Portugal); Dra. Antonia Mills (Canadá); Dr. Erlendur Haraldsson (Islândia); Dr. Jünger Keil (Austrália); Dra. Dora Incontri (Brasil, “A Arte de Morrer – Visões Plurais”); Dr. Steven Jay Lynn (EUA); Dr. Décio Iandoli Jr. (Brasil, “A Reencarnação Como Lei Biológica”); Dr. Sérgio Felipe de Oliveira (“Glandula Pineal, novos conceitos e avanços nas pesquisas”); Alexander Moreira de Almeida; … Entre muitos outros

    (*) A pesquisa efetuada mundialmente pelo professor Ian Stevenson, desde os anos 60, reúne mais de 2.500 relatos sobre reencarnação. Todos estes relatos e suas respectivas análises são encontrados na Universidade de Virgínia, EUA.

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: