Hematomas e escoriações recentes – ciclista só se fode nessa merda

“Eu só me fodo nessa merda” é a frase do século. Talvez a que eu considere a única verdade fundamental do multiverso.

Pois bem. Ontem à tarde eu ia tranqüilamente ao banco com minha bicicleta. Normal, quantas vezes já não fiz isso?

No cruzamento da avenida São Paulo (já reparou que todas as cidades têm uma avenida São Paulo?) com a João Paulino eu fiz que ia reto e fui. Eu sempre ando na direita, lugar destinado à veículos lentos, como bicicletas, mesmo eu não estando tão devagar assim. Não que estivesse rápido, mas médio, por assim dizer.

À minha esquerda ninguém. Sinal aberto – acredito, embora não me lembre neste exato momento, mas como quase nunca passo em sinal vermelho a chance maior é que estivesse no verde – e tudo perfeito para eu seguir em frente.

Não segundo o Fox preto que vinha em velocidade relativamente atrás de mim e que queria virar para a direita. Nestas situações, o motorista deve desacelerar e esperar o ciclista passar. Mas não. Era o Fox preto!

O cara me fecha, não me dando chance para frear, me fazendo chocar de raspão – com a roda da frente da bicicleta na porta traseira do carro. Isto obviamente me levou ao chão, bem no cruzamento de duas movimentadas avenidas.

O Fox preto? Acha que alguém para para ver se eu morri?

E quem disse que morri? É gente que olha daqui, olha dali mas ninguém para ver se algo ocorreu. Nem consegui ver a placa do carro também.

Me levanto e olho o estrago que fez na bicicleta – só uns arranhões – e em mim – outros arranhões.

Desentorto os manetes, coloco a corrente de volta, olho se a roda não está torta e sigo o meu caminho. Logo à frente havia havia o Shopping Avenida Center, onde eu entrei para lavar as mãos – cheias de graxa – e ver o estrago.

Como já estava lá mesmo aproveitei para passar no Banco do Brasil para desbloquear meu cartão.

Chego em casa, vou ao banheiro limpar os machucados e passar Merthiolate®. Já sabia que teria confusão com a minha mãe, já que ela fica – não sei se excessivamente – nervosa com estas coisas. Vou assistir TV e depois almoçar.

Logo após, ao ver a camiseta suja, ela deduz que caí de bicicleta, começando a novela. Mãe é um bicho esquisito mesmo.

Poderia passar a semana inteira xingando o/a motorista do Fox. Mas isto certamente não resolveria.

Ainda bem que não me machuquei muito, mas confesso que deu trabalho na hora que fui tomar banho.

Quer ver os “dodói”, tio?

Não? Ah, vai te ferrar.

Até mais e espero não me meter em mais acidentes assim.

Estes dias passou nos Jornais Nacionais – tipo o JN, o Jornal Hoje, etc – como o trânsito de Maringá, uma cidade do interior (contorça o erre) está ficando com um trânsito extremamente violento.

Como não consegui colocar o vídeo diretamente no post (parece que o wordpress só aceita vídeos do youtube :-(), aqui vai o link direto do site da Globo:

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM957078-7823-FLAGRANTE+DE+DESRESPEITO+AS+LEIS+DE+TRANSITO+EM+MARINGA,00.html

Conrado, infelizmente você está certo.

One Comment

  1. Felipe
    Posted fevereiro 7, 2010 at 12:24 | Permalink

    Aff é fodaaaa cai de biek tmb .. . eu estava di boa mas quando olhei meu pé :S
    só sangue fiz uma grande merda no meu pé!!
    ele ta todo ralado só a carne e muito inchado =s espero que eu melhore

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: