Chupa, MSN Messenger! Pidgin com tema nas conversas!

Não vou mentir. Uso o Pidgin como programa de mensagens instantâneas. Na verdade uso pouco este tipo de programa, mas quando uso, é o Pidgin.

Dizem que o Pidgin e feio.

Talvez seja até verdade.

Estes dias os desenvolvedores até criaram uma área no site para que os usuários enviem sugestões para novos recursos. Mas parece que esta área não mais existe. Veja

http://blog.caseyho.com/2009/01/no-more-brainstorming.html

Dizem que os desenvolvedores não querem ouvir os usuários. Até criaram um fork do programa para contornarem o problema. Antes chamado Funpidgin e hoje Carrier.

Mas não é disso que vou falar. Falarei de um plugin – sim, o Pidgin suporta plugins. E você ainda achava o MSN Messenger a 8ª maravilha do mundo? – que permite que a janela de conversas tenha uma melhor.

Não é algo assim tão inovador, já que outros clientes já suportam, como o Adium (baseado no pidgin), o Kmess (MSN para o KDE) e Kopete (também para o KDE). Mas acredito que isto signifique um grande avanço para o Pidgin, que é afinal o cliente que uso (já falei que usei bastante o kopete, mas ele fica estranho em ambientes não-KDE?).

Primeiro mostro uma imagem do pidgin sem suporte à temas:

Agora lhes mostro como ficará o nosso pidgin depois do trato visual:

Sentiu a diferença, não?

Vamos começar nosso tutorial. Na verdade ele é bastante pequeno, e poderia até dizer que simples.

Mas antes de mais nada tenha a certeza de ter os pacotes certos instalados na sua distro:
Uma versão recente da WebKit com suporte à GTK: http://www.webkit.org
Uma versão recente do sistema de controle de versões Baazar: http://bazaar-vcs.org/

Se você usa o Ubuntu, instale-os com o comando:

$ sudo aptitude install bzr libwebkit-dev libwebkit

Se você não usa, pode compilar estes programas manualmente (como eu fiz), ou baixar pacotes pré-compilados para sua distro. Na verdade pode também utilizar um sistema de automatização de compilação. Aqui, como uso Slackware, usei o Slackbuilds com algumas modificações para baixar uma versão mais recente dos programas.

Feito isto, baixe o código-fonte do plugin WebKit para o pidgin:
$ bzr branch lp:pidgin-webkit

Depois de baixado (expressão engraçada no mundo internetês :-)), acesse o diretório do programa e execute o comando make:
$ cd pidgin-webkit
$ make

Se tudo ocorreu bem, você tem duas alternativas: instalar o plugin somente para o usuário corrente:
$ make install

Ou instalar para todos os usuários:
$ sudo cp webkit.so /usr/lib/purple-2/ # ou su -c “cp webkit.so /usr/lib/purple-2/”

Logo após crie uma pasta chamada message_styles na sua pasta ~/.purple/:
$ mkdir ~/.purple/message_styles

É nesta pasta que você deve “jogar” os arquivos com os temas. Veremos isto adiante.

Se tudo isto deu certo (se não deu nem venha me enxer o saco! hauahau) vamos ativar o plugin: Já dentro do pidgin, acesse o menu Ferramentas >> Plugins, e na janela que abrir, marque o plugin “WebKit message styles”

Para escolher o tema, clique no botão “Configurar plug-in” e na janela que abrir clique no nome do tema que quer usar. Em seguida em “Fechar”.

E pronto, agora suas conversas terão uma aparência muito melhor.

Mas espere! Você ainda não instalou nenhum tema. Que burro eu sou :-)

Os temas suportados são os mesmos do mensageiro Adium, também OpenSource (baseado no pidgin), mas para Mac OS X (Uui, só podia ser). Eles podem ser baixados no site de temas do programa, na sessão “Message Styles”:
http://www.adiumxtras.com/index.php?a=search&cat_id=5

Quando baixar um tema, ele vem compactado, provavelmente no formato TAR.GZ ou Zip. Para utilizá-lo, descompacte ele na pasta que criamos acima. Por exemplo:

$ tar zxvf tema-baixado.tar.gz -C ~/.purple/message_styles/

(É claro que você pode usar um programa gráfico, tipo Ark, Xarchiver ou File-Roller, mas que graça há? :-))

E é isto meu povo. Frescuras para todos, não só para os afeminados do Mac! hauahuahau

Site do desenvolvedor do plugin:
http://simo.h.mattila.googlepages.com/

Um post num blog em inglês sobre o mesmo plugin (onde o conteúdo está próximo, mas não me baseei nele):

http://terryme.blogspot.com/2008/09/all-about-pidgin-webkit-plugin-for.html

Obs: a coisa com os usuários do Mac foi só brincadeira. Mas não se preocupem, eles já estão acostumados (ser chamado de boiola por usar um sistema operacional bonito: seis meses de terapia).

Até a próxima com mais tutoriais nerds :-)

Anúncios

10 Comments

  1. Patola
    Posted janeiro 5, 2009 at 13:40 | Permalink

    Minha fé no pessoal do GAIM/pidgin acabou faz tempo. Eu lembro muito bem da época do gaim-vv (gaim voice and video) e todo o papo que seria incorporado voz e webcam no GAIM 2.0, e aí saiu o gaim 2.0 – renomeado então pra pidgin – e ninguém mais tocou no assunto, e toda menção a isso no fórum deles era meio que censurada.

    Eu esperei bastante, mas lá pelo pidgin 2.1 ou 2.2 eu parei de usá-lo e comecei a procurar outras alternativas. Mesmo porque o programa estava ficando realmente pra trás – o kopete, amsn e outros já tinham webcam e muitas facilidades de vários protocolos, enquanto que o pidgin parecia nunca incorporar recursos interessantes: ficava cada vez mais pobre, comparado com os outros.

    Depois do escândalo* – e eu considero sim um escândalo – que mostrou que os desenvolvedores do pidgin não escutam MESMO os usuários nem para coisas tão simples como fazer a janela de input redimensionável como era antes, eu passei a ter raiva, sinceramente, da equipe de desenvolvimento. Desde então, nunca usei mais o pidgin “de verdade”, apenas entrei algumas poucas vezes para ver o estado dos recursos – sempre lastimável – que oferece.

    Quando eu quero utilizar um comunicador instantâneo multiprotocolo, uso o kopete. Ele tem mais recursos, mas mesmo se não tivesse, dada a antipatia que peguei dos desenvolvedores do pidgin, acho que o usaria.

    * O escândalo que levou à criação do funpidgin, que você mencionou aí.

  2. podestati
    Posted janeiro 26, 2009 at 12:17 | Permalink

    Muito bom o tuto. Testei aqui e tudo ocorreu bem. Como ainda não me julgo um usuário avançado, e sei que temos muitos novos adeptos do GNU/Linux, seria interessante que você comentasse que será necessário instalador o pacote pidgin-dev para poder compilar o plug-in para o mesmo.

    Parabéns meu Pidgin ficou lindão!

    Pidgin 10 x 0 MSN Messenger

  3. freak
    Posted janeiro 27, 2009 at 1:27 | Permalink

    Sou obrigado a concordar com a Paola.
    É lastimável.

  4. Marcelo A
    Posted janeiro 27, 2009 at 4:58 | Permalink

    Concordo com o Patola, isso também aconteceu comigo, porém eu aderi ao Skype

  5. Posted janeiro 27, 2009 at 11:20 | Permalink

    Patola, também já tive decepções com os desenvolvedores do Pidgin, mas me parece que agora eles estão indo pelo caminho certo.

    Acompanho a lista de discussão deles e sempre estou vendo o que eles colocam de novo no programa.

    As últimas – vindas do Summer Of Code do ano passado – são suporte à áudio e vídeo – disponível até agora somente para xmpp – e suporte à senha-mestre criptografada – usando o sistema do KDE (kwallet), GNOME (gnome-keyring) ou Windows.

    Ainda não testei a questão do áudio e vídeo, pois na última vez que compilei simplesmente parou de funcionar (tenho q reportar aos desenvolvedores) além do que até agora só funciona se as duas pessoas estiverem usando o mesmo pidgin.

    Acredito que, como esta é uma implementação multiplataforma – baseada em farsight – até a versão 3.0 o pidgin já terá suporte nativo à VV. Desta vez parece sério.

    Mas é bom lembrar que o pidgin não é só pidgin. O trabalho é triplo, já que os caras desenvolvem o cliente (pidgin), a biblioteca (libpurple, usada em outros clientes, como adium, maemo e openmoko), além de um cliente em modo-texto, chamado finch (os desenvolvedores querem suporte à audio nele também :-)). Ou seja: toda e qualquer modificação na coisa exige muita reflexão.

    Eles também estão desenvolvendo – foi feito para o summer of code mas não incorporado na árvore principal suporte à temas, mas parece que não baseado neste plugin do tutorial, o que acho que é um desperdício, já que este já está bastante maduro, só faltando alguns “retoques”.

    Futuramente acredito que o suporte as coisas que tanto queremos virá, como webcam no MSN e GTalk, etc. Não depende somente dos desenvolvedores do Pidgin. Para o GTalk é necessário uma biblioteca externa para conversar com este cliente (é um recurso recente) e para o MSN é necessário ver se um dos projetos para implementar suporte à webcam no farsight dê frutos.

    Para dar um bizú no que está sendo implementado:
    http://developer.pidgin.im/viewmtn/

    Aqui há vários “galhos” (ramos) de desenvolvimento, paralelos ao principal (im.pidgin.pidgin).

    Para baixar, siga o tutorial desta página…
    http://developer.pidgin.im/wiki/UsingPidginMonotone

    … aplicando as devidas modificações, é claro.

    Ah, e achei mancada também não poder redimensionar a área de texto. Mas percebi que isso não me incomoda tanto (não que ache bom). Sei que futuramente eles vão mudar de idéia :-)

    http://pidgin.im/survey/results/survey0summary.html

  6. Posted janeiro 27, 2009 at 14:43 | Permalink

    O próprio Adium usa a libpurple do Pidgin, e tem os mesmos recursos portanto. Mesmo assim ninguém acha o programa uma droga – justamente ao contrário, é um dos programas mais premiados para Mac.

    Interessante como a percepção muda não?

  7. Posted janeiro 27, 2009 at 15:09 | Permalink

    Henrique, Mac é um universo paralelo… :-)
    Nunca usei o Adium, mas pelas screenshots dele ele me parece ter uma interface bem mais bem-acabada do que a do Pidgin, importando a idéia do Mac de programas com boa aparência.

    Mas os recursos parecem também ser os mesmos (tirando o suporte à temas). Não tem audio nem vídeo.

    Realmente, o mundo que Jobs construiu às vezes me assusta… :-)

  8. Cleiton
    Posted fevereiro 19, 2010 at 10:32 | Permalink

    Amigos, o meu deu errado!
    Após ecolher o tema, quando se abre uma janela de conversação, tbém abre uma aba no firefox, com 2 @ e não aparece as frases q digitamos………

    Alguem sabe como resolver?

  9. Diogo
    Posted maio 3, 2010 at 21:41 | Permalink

    Nme funcionou na versão 2.6.6 do pidgin no ubuntu 10.04…
    Aparece o mesmo problema de abrir uma aba, no meu caso no google chrome (talvez seja no navegador padrão) com os @…
    Aguardo resposta.

  10. thiago
    Posted julho 25, 2011 at 9:37 | Permalink

    Sem noção isso, tem que instalar, compilar e fazer isso tudo pra funcionar?.

    dá é preguiça de fazer.

One Trackback

  1. By Mudando o visual do Pidgin on janeiro 26, 2009 at 2:10

    […] por Leandro Santiago (leandrosansilvaΘgmail·com) – referência […]

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: