Mais um joguinho viciante: Antigravitaattori

Se tem algo que eu gosto são esses joguinhos ao estilo anos 80. Sem extremo realismo, sem gráficos excepcionais, estratégias super-elaboradas. Somente jogos simples, que divirtam. Pois ainda não há nada que supere um bom Super Mário 3…

Eu, navegando pela “neti”, achei um site de um cara (acho que um italiano), com três joguinhos destes. Testei os três, mas só achei dois deles “jogáveis”.

Vou falar do que aqui do que eu mais gostei. Chama-se Antigravitaattori. Nome estranho né? Chame-o simplesmente de Antigrav. É mais prático. ;-)

É um jogo de corrida diferente. Nele, você controla um “disco voador”. Seu objetivo, como em qualquer jogo de corrida, é chegar até o final. Só isso.

Mas é claro que não é tão simples. O terreno não é tão regular quanto os dos jogos tradicionais. Na verdade, é bem tortuoso. E é isso que torna o jogo espetacular!

A nave não tem rodas. Ela “voa”. Não como um avião. É meio que um protótitpo de um carro do futuro. Da parte inferior do veículo saem ondas “antigravitacionais” que o empurram para cima. É basicamente isto que o você pode fazer. Acelerar (aumentar a freqüências das ondas, inclinar a nave para frente, e para trás. Isso a faz movimentar-se. Mas, se você forçar demais, fará o combustível acabar. Não se preocupe, pois ele vai carregando enquanto você não estiver utilizando o motor.

O que me impressionou neste jogo é o fato de ter um único cenário. Trata-se se uma esfera (planeta), e as pistas se dão neste terreno. As pistas são traçadas em lugares aleatórios, o que garantirá que cada uma seja inédita, com um terreno próprio.

O mais legal é que, embora seja um autêntico “pra frente e para trás”, o cenário do jogo é totalmente tridimensional, o que garante que tenha também excelentes gráficos – não é só porque é simples que deve ter gráficos ruins.

O jogo é escrito em c++, e utiliza OpenGL e SDL, e seus gráficos são desenhados no blender (aprenda a pegar o código-fonte dos programas), além de ser licenciado sob a GPL.

Então aqui mostro um pequeno tutorial de como instalar o programa (embora seja tão óbvio que nem precise disso):

Baixe o código fonte nesta página:

http://luolamies.org/software/antigrav/

Obs: Você também precisará do pacote openal.

Se tiver o slapt-get instalado, e quiser simplificar as coisas, dê:

# slapt-get –install openal

Este pacote está no repositório slacky.eu, que é um dos melhores do mundo!

Mas, como bom slacker que é, você também pode compilar via Slackbuild:

Baixe aqui:

http://www.slacky.eu/repository/slackware-12.0/libraries/openal/0.0.8/

Ou então no site oficial.

Link direto para a versão que eu utiizei:

$ wget -c http://luolamies.org/software/antigrav/antigrav-0.0.3.tar.gz

$ tar zxvf antigrav-0.0.3.tar.gz

$ cd antigrav-0.0.3/

$ ./configure

$ make

$ su -c “make install”

Digite a senha de root e pronto. Jogo instalado.

Se você não tiver privilégios de administrador, simplesmente acesse o diretório src, na pasta que foi criada com a descompactação,  e execute o binário antigrav.

Observação: Este processo funciona bem, como sempre, no Slackware. O fato de eu não ter disponibilizado um pacote é que, este processo de compilação é relativamente indolor, além de ter um programa otimizado para a sua máquina, que terá menor risco de falhas e maior desempenho. Mas se você utiliza um sistema como o Ubuntu, o baixe pelo apt-get, com:

# apt-get install antigravitaattori

Obs: a versão dos repositórios é a 0.0.2, por isso recomendo compilar na mão a última versão mesmo.

Para jogar, execute:

$ antigrav

Ou então crie uma entrada no menu do seu ambiente gráfico.

O programa é bem simples, não têm muitas opções de configuração.

Ao abrir o mesmo, aparecerá quatro naves na tela, seguidas das respectivas teclas que as controlam. Para habilitar quais naves participarão da disputa, tecle qualquertecla que controle elas. Depois de selecionadas, tecle <Enter>.

Inicio

A tela se dividirá na quantidade de carros, e cada parte focará um veículo. Como em qualquer outro game de corrida ;-)

Multi

Para iniciar a corrida, tecla <Enter>.

Pronto! Agora é só correr para o abraço! Quem chegar por último é a mulher d… Calmaê…

Alguns parâmetros interessantes na linha-de-comando:

$ antigrav –help
Usage: antigrav [options]
Options:
-h, –help print this help, then exit
-f, –fsaa enable full screen antialiasing
-w, –windowed run in windowed mode
-r, –resolution=RES set resolution to RES, 1024 for 1024×768, 800 for 800×600, etc

O jogo, por default, é executado em tela-cheia (fullscreen), mas com -w ele é “janelizado”.

-r define a resolução do vídeo. 1024 para 1024×768, 800 para 800×600, etc. O máximo que ele suporta é 1024×768. Acima disso, o jogo é executado em um “retângulo” no centro da tela.

-f Este parâmetro habilita a suavização de formas (antialiasing) no jogo. Aqui não funcionou comigo, dando o seguinte erro:

Can’t set video mode: Couldn’t find matching GLX visual

Acredito que tenha relação com algum módulo não habilitado no xorg.conf, mas não tenho interesse imediato em resolver este problema ;-)

Embora eu esteja jogando este jogo há menos de uma semana, acredito que possa dar algumas dicas sobre ele:

– Aproveite os finais das montanhas altas. Incline o carro bem para frente e acelere bastante. Quando o combustível acabar, pare de acelerar, ainda com o carro inclinado. Assim você ganhará bastante velocidade.

– Aproveite as “rampas”, pois elas te jogarão para o alto. Quando estiver no alto, incline a nave para frente e acelere. A nave irá então contra o chão. Quando estiver quase encostando nele, acelere ao máximo. Isso fará o veículo subir novamente, mas com mais força. Assim, de salto em salto, você chegará rapidamente ao final.

– Evite encostar no chão. Se a nave virar, desvirá-la vai te dar um trabalho danado…

– Evite também encostar no seu adversário. Isso descontrola ambas as naves. E também é ilegal segundo as normas da FIA. ;-)

Batida

Até a próxima.

Anúncios

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: