Seja Iluminado – o Enlightenment precisa de você

Estava esses dias vendo como anda o Enlightenment.

Pra quem não sabe, o Enlightenment, ou E para os íntimos, é um ambiente gráfico (há muito não é somente um gerenciador de janelas) para Unixes. E também é muito configurável, e tem como objetivos ser: belo, leve e configurável. Ele existe desde 1996, e já tem uma versão estável. Porém há uma nova e totalmente reescrita versão. o E17.

Eu achava que o projeto havia morrido, mas não. Os desenvolvedores continuam, já há três anos, trabalhando no E17. Eu já havia testado ele umas vezes, tanto instalando, quanto pelo Elive, que é uma distribuição que usa o Enlightenment como interface gráfica. Mas a interface, embora muito bonita, continuava a “mesma coisa”.

E, como ia dizendo, estava a navegar pela árvore do CVS do projeto, e decidi baixar o bicho, só pra ver como está. E digo uma coisa: estou impressionado! Ele está totalmente mudado!!! O que eu mais notei diferença? Basicamente:

O Iluminado– Ícones nativos na área de trabalho, assim como no KDE, GNOME, XFCE…

– A magia do botão direito: Nada de ficar editando arquivos de configuração. Há utilitários para qualquer coisa. Basta clicar com o botão direito em cima do que você quer que seja configurado… e pronto!!! Inclusive o próprio engage está assim;

– Muitos efeitos frescurentos na área de trabalho, mas que a gente A-D-O-R-A! hauahua. Ícones que tremem, menus que brilham, mudança animada de desktop, miniatura de janelas, wallpapers animados…

– Módulos para o desktop, que adicionam funcionalidades à sua área de trabalho. Como o superkaramba, adesklets, etc;

– Portabilidade para dispositivos móveis: Sim, em breve você poderá ter seu handheld, computador de mão, etc. rodando o E17 também!; Veja aqui um exemplo real.

– Muitos utilitários e aplicativos escritos para o próprio enlightenment, como gerenciador de arquivos, visualizador de imagens, player de áudio/vídeo, leitor de PDFs, etc;

– Suporte à transparência e sombras em modo real (composite).;

– Outras coisas que que ainda não tive tempo de reparar, mas que, com certeza, existem!

Ao que parece,o time do enlightenment está implementando vários recursos, mas aos poucos. Por exemplo, este recurso dos ícones e geração automática de menus são novos, por isso ainda estão bastante instáveis. Mas se você usar o EliveCD-1.0 vai perceber como ele está bastante estável, pois está usando uma versão do E17 com recursos já estabelecidos. Tanto que, muitas pessoas utilizam ele como desktop principal, sem problema algum.

Mas nem tudo é tão maravilhoso assim. Como eu disse, esta é uma versão em desenvolvimento, portanto ainda há muitos bugs a serem resolvidos. Muitos mesmo. Muuitos. ;-)

É por isso que estou aqui. Para pedir que a comunidade apóie o projeto. Seja com dinheiro, seja reportando bugs, seja com traduções, seja mostrando o enlightenment para outras pessoas, seja com código, seja com uma cervejinha…O projeto não morreu. O site foi totalmente refeito, há muita documentação das bibliotecas do E17, e há muita gente trabalhando.

É. todo mundo sabe que a instalação do enlightenment é um tanto complicada. Isto é. Não por necessitar de “poderes especiais”, mas por haver uma ordem específica de compilação.

No mais, é só uma questão de ./autogen.sh –prefix=/opt/e17 –enable-debug , make, make install. As dependências são mínimas. O Enlightenment é meio que autosuficiente. Se você não estiver disposto à fazer tudo manuamente, vá até este site, e baixe o script easy_e17.sh , que ele faz tudo por você. Mas se você quiser ter o trabalho (como eu tive), siga estes passos:

– Crie um diretório só para o enlightenment, com os subdiretórios bin, sbin, e lib

# mkdir /opt/e17/{bin,lib,sbin} -p

Adicione o diretório /opt/e17/bin no seu PATH

$ export PATH=$PATH:/opt/e17/bin

Adicione o diretório /opt/e17/lib no arquivo /etc/ld.so.conf

# echo /opt/e17/lib/ >> /etc/ld.so.conf

Em seguida, baixe o código do Enlightenment:

$ cvs -z3 -d :pserver:anonymous@anoncvs.enlightenment.org:/var/cvs/e co e17
$ cvs -z3 -d :pserver:anonymous@anoncvs.enlightenment.org:/var/cvs/e co misc
$ cvs -z3 -d :pserver:anonymous@anoncvs.enlightenment.org:/var/cvs/e co e_modules
$ cvs -z3 -d :pserver:anonymous@anoncvs.enlightenment.org:/var/cvs/e co eterm

Os downloads podem demorar um pouco… Vá tomar um ar enquanto isto…

Depois de terminados as cópias, compile primeiro as libs em e17/libs. Há uma ordem específica de compilação, que é:

  1. imlib2
  2. edb
  3. eet
  4. evas
  5. ecore
  6. epeg
  7. embryo
  8. edje
  9. epsilon

Depois, você pode compilar tudo em e17/apps/, e_modules/, misc/, e17/proto e o que mais quiser.

Lógico que não é tão simples. Alguns programas têm dependências extras, como bibliotecas externas, etc.
E é isso. Não compile os pacotes sem suporte a debug (–disable-debug), nem use o strip nos binários e bibliotecas, pois sem eles você não pode reportar bugs aos desenvolvedores.Use o –enable-debug!!!
Digo isto porque compilei os pacotes com um script que tenho aqui, que desabilita o debug, stripa os binários e cria um pacote… Cagada minha. Mas semana que vem vou compilar tudo de novo…
Agora… aqui vão umas capturas de tela (em breve coloco um vídeo no youtube) para você ver porque eu me impressionei tanto!!!

1: Tela de abertura: Uma abertura bem simples, mas muito bem acabada.

Abertura do Enlightenment

2: Menu principal:O menu principal pode ser acessado pelo botão “Iniciar”, ou com o botão esquerdo do mouse na área de trabalho

Menu principal

3: Menu de contexto no gerenciador de arquivos: Como havia dito, há menus de contexto (o famoso botão direito) em qualquer componente! No Enlightenment é assim: tenha certeza de que seu mouse tem pelo menos três botões, porque você irá precisar de todos eles:

Minigerenciador de arquivos

4: Muitas configurações: Não podiam faltar os diálogos de configuração, é claro!

Configurações!

5: Chamas!!!! Não, me monitor não está queimado. São os efeitos visuais do E. Mais uma vez mostrando que não é necessário apelar para recursos 3D para criar um desktop estilizado.

Fire on my pants!!!

6: Chamas e neve? Neves também!!!

Fogo e Chuva

7: E chuva! É possível escolher entr: garoa, chuva, e tempestade!! (seria legal uns raiozinhos…)

Chuva!!!

8: Alternando Janelas: Esse alternador de janelas é simplesmente demais! O mouse vai sozinho na janela selecionada!!

Alternando Janelas

9: Sobre Tema e Ambiente. No Enlightenment tudo é animado. o céu desenhado nos diálogos se mexe, como se tivesse nuvens de verdade!!!

About Theme and ENlightenment

10: Tema GTK estilo E17: Agora você se vê no seguinte dilema: Mas como eu vou usar o Enlightenment, que usa um design próprio, junto com meus programas em GTK+? Há o ETK, que faz algo do tipo, mas acho que é algo bem complicado. Mas como bons gambiarrizadores que são os Linuxers, já inventaram até um tema do GTK+ que imita o visual do enlightenment. Não fica com os efeitos nativos (cintilância, etc), mas quebra um galhão!

Gtk theme E17

11: Informações da Janela:

Window information

12: Configurar As barras : No E17, tudo pode ser personalizado!!!

Configurar barrinhas!!!

13: Barra Transparente: Mac OSX? Que nada! Eu vivo na realidade!

Barrinhas transparentes!!!

14: Logout: Diálogo de logout.

Tchau, tchau enlightenment..

15: Um móduulo que exibe um uam apresentação de slides com imagens (ainda tenho que ver como que faz para adicionar diretamente no desktop) :

Slide de Imagens

16: Ephoto: Um editor/visualizador simples de imagens:

Ephoto

E é isso pessoal. A foto lá no topo é do filme O Iluminado, baseado num livro de mesmo nome, do Stephen King.

Entendeu? Enlightenment, Luz, Iluminado? ;-) Do filme que não gostei muito, mas o livro é demais. Vale a pena ler.

REDRUM! REDRUM!!!

Até mais.

Leitura recomendada:

– http://polishlinux.org/apps/window-managers/e17-as-a-desktop-dont-try-this-at-home/

Anúncios

2 Comments

  1. fabiolimath
    Posted julho 30, 2007 at 21:31 | Permalink

    Ola.

    Estou tendo um problema ao compilar o “entrance”. A configuração não retorna erros (depois de resolvidas algumas dependências), mas, o make dá erro quando entra na diretório “e17/apps/entrance/src/client” e dá o seguinte erro: “cannot find -lesmart_container”

    Alguma idéia do que pode ser o problema?

  2. Posted outubro 29, 2008 at 14:11 | Permalink

    Cara… Aprendi a fazer temas para Enlightenment. Dá um puta trabalho, mas é bem facinho ;)

    Cria uma pasta, copia o tema .edj pra lá
    manda um edje_decc nomedotema.edj
    muda o nome da pasta que vai ser criada para o nome do seu tema
    entra na pasta, edita a única linha do arquivo build.sh e muda o nome do tema para o nome do seu tema (o mesmo que você pos na pasta)
    e depois é só editar as imagens ou ir trocando elas ;D

    Abraços
    do Terrinha

2 Trackbacks

  1. By Top Posts « WordPress.com on julho 30, 2007 at 22:00

    […] Seja Iluminado – o Enlightenment precisa de você Estava esses dias vendo como anda o Enlightenment. Pra quem não sabe, o Enlightenment, ou E para os íntimos, é um […] […]

  2. […] desses. Felizmente existem várias autoridades em E17 como o SamuraiDio, o Alberto Federman Neto, o LeandroSan, O Vigia e o próprio Izaias, além de vários outros e seria um prazer se eles se ajudassem com […]

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: