Porque o Linux é ruim e o Windows o melhor

 

Não. Não é um texto troll (que é o mesmo que um louco dizer que não é louco). Trata-se de mostrar um vídeo que acabo de ver no Youtube, linkado pelo pessoal da lista de discussões FUG-BR, onde um cara afirma com argumentos convincentes à sua visão, de que o Windows é muito mais seguro que o Linux. Na verdade a intenção do vídeo não era nem dizer que o Windows é melhor que o Linux, mas que o Linux e PIOR que o Windows – da mesma forma que algumas vezes fazemos isto com o Windows.

O que me chamou a atenção no vídeo não foi tanto a luta anti-fanboys – nunca disse que tem relação com o meiobit, olha lá! – mas os argumentos utilizados pelo autor do vídeo para defender o que dizia.

Seu argumento: o windows é mais seguro que o linux, já que naquele o usuário não consegue apagar diretórios essenciais ao sistema, enquanto que neste isto é possível.

Para demonstrar, ele nos mostra que, após executar no linux o comando “sudo rm -rf /”, o sistema simplesmente pára de funcionar. E isto é a mais pura verdade!

Já no windows o comando “deltree c:\windows” não afeta o sistema.

Ainda segundo o autor, o Linux só não tem vírus por não ser dominante no mercado de sistemas operacionais. Tem lógica: se ninguém usa, ninguém cria malwares.

Agora tento analisar o outro lado das questões, e expressar minha opinião.

Primeiramente, faço citação a um colega meu, analista de sistemas, que me disse uma vez: “acesso físico à uma máquina É falha de segurança”. Um sistema que é acessado fisicamente nunca é 100%. Isto é fato. Há várias maneiras de se invadir um sistema fisicamente. Algumas são um tanto inusitadas, como modificar dados em disco com um imã, derrubar um servidor jogando água no processador etc.

Como escrever um programa
Surrupiado do blog do Peczenyj 

O que isto siginifica dentro do contexto em questão? Para que o usuário possa apagar o diretório raíz de um sistema Unix, ele deve estar logado como root ou usuário com poderes equivalentes. Isto é fato. O root é considerado o usuário deus de um sistema Unix. Ele pode fazer tudo que quiser. Exatamente tudo. Inclusive fud%$& o sistema. Tanto que a maior recomendação que fazemos às pessoas é: não utilize o computador como root!

O Unix implementa as permissões de arquivo no próprio sistema de arquivos. Isto é básico. É físico: existem alguns bytes em cada arquivo que diz quem pode mexer em tal arquivo. Se um usuário tem direitos sobre um arquivo, não existe razão para que seja impedido de fazer o que quiser com ele!

Isto denuncia uma grande diferença no modo como o Unix e o Windows vêem a segurança do sistema: no unix, toda a segurança existe para proteger o sistema de ataques externos; já no windows o sistema se protege do próprio usuário.

Para exemplificar: quando você quer recuperar uma instalação do Windows XP, dá boot pelo CD de instalação do sistema e, para acessar o sistema que está no HD, deve digitar a senha de administrador. O primeiro problema: muitas vezes o usuário que quer utilizar seu computador simplesmente não tem a senha de administrador, muitas vezes por não ter sido ele a instala o sistema. Sem senha, sem acesso. O usuário não pode utilizar o próprio computador.

No Linux (e acredito que na maioria dos ‘unixes’), não há este tipo de restrição, já que o sistema reconhece que para que a pessoa possa dar boot em outro sistema, no caso, pelo liveCD, é necessário acesso físico. E não há como lutar contra acesso físico! Você pode até pegar um LiveCD de um Linux e acessar a partição do Windows normalmente (em modo rw), sem senha nem nada.

Outra diferença é o fato de o Windows colocar os dados do sistema numa estrutura chamada registro. A principal propriedade deste sistema é que tudo é centralizado ali, de forma binária e que somente o próprio Windows entende o que há lá. Isto garante que ninguém irá “bagunçar”as configurações do sistema. O problema novamente é que isto protege o sistema somente do usuário (já que poucos sabem modificar o registro), mas ao mesmo tempo é totalmente frágil contra ataques de programas maliciosos, como vírus e outros malwares. Além do mais esta é uma estrutura muito confusa, que muitas vezes fica corrompida após a remoções e instalações freqüentes de programas que a modificam, o que dificilmente acontece nos sistemas baseados no Unix.

Já no Unix temos uma regra definida já na época de seu surgimento: “não complique; guarde todas as configurações do sistema em arquivos de texto”. Isto é seguido à risca no Linux, que guarda tudo, desde senhas, informações da inicialização do sistema, até configurações dos programas. Poucos programas guardam suas configurações em binários, e normalmente isto acontece em casos específicos.

Qual a vantagem nos arquivos-texto? A vantagem é você poder fazer modificações no sistema sem precisar recorrer à ferramentas específicas (como acontece com o regedit no windows). Você simplesmente abre o arquivo com um editor de textos e faz as modificações que julgar necessárias.

“Mas isto é imbecilidade! Assim todos saberão qual as senhas dos usuários só abrindo o arquivo de senhas!” Ledo engano. Há vários recursos que impossibilitam que o usuário comum tenha acesso às informações, que vão desde o sistema de permissões do Unix, até técnicas de criptografia, como pode ser visto neste artigo do Elgio Schlemer, no vivaolinux.

É claro que o armazenamento em arquivos-texto muitas vezes não é muito prático e eficiente. Tanto que muitos sistemas e programas utilizam banco de dados para agilizar o acesso à determinadas informações. Posso citar sistemas de pacotes como o apt e o rpm, além do armazenamento de senhas no FreeBSD (me corrijam se eu estiver enganado).

Em segundo lugar, não existe no Windows XP/Vista o chamado “modo texto”. Isto significa que o “terminal” do Windows não passa de uma imitação de um prompt do DOS. Enquanto que no Linux este modo ainda existe. Tanto que programas como xterm, konsole, Eterm, gnome-terminal são chamados de emuladores de terminal, simplesmente por estarem “rodando” um terminal, mas não o mesmo terminal “em modo texto”, embora cada “comando” seja passado para o sistema operacional da mesma forma que num terminal tradicional. Isto significa que não existe uma barreira entre um comando “rm -rf” e o sistema operacional, ao contrário do Windows, onde deve – xii – existir um mecanismo entre o comando de deletar uma pasta executado pelo usuário o comando passado para o sistema operacional (que aí verifica as permissões, etc). Ou seja: no Windows, um administrador não tem todo o poder, que é algo totamente contraditório, já que um administrador existe para fazer o que bem entender. E é por isso que deve ser utilizado somente em tarefas específicas, nunca para uso constante.

( Em terceiro lugar? ) Também há a questão: a qualtidade de usuários num sistema é proporcional à quantidade de falhas que este sistema tem? Pego como exemplo o OpenBSD, que em mais de 10 anos, teve somente duas falhas de segurança! Será que é por ser realmente seguro ou pelo fato de “ninguém utilizá-lo”? Suas raízes unix podem te dar uma noção da resposta.

Façamos a seguinte comparação: existem pelo menos 100 vírus e outros spywares para Windows. Eu disse PELO MENOS! ;-) E o windows coresponde à 90% das instalações de sistemas operacionais. Já o Linux corresponde à o que? 5%? Vamos supor que sim. Por uma regrinha de três, podemos dizer que, se o Linux tivesse 90% do mercado, a quantidade de vírus para ele seria… 5? Sim, 5!

Ou vamos pelo caminho contrário. Sabemos que não foi registrada nenhuma ocorrência de vírus – palavras que pode ter várias interpretações – para Linux. Pelo menos nunca numa situação real. O sistema tem falhas sim, que inclusive permitem que um usuário ganhe privilégios de root, como o desoberto no final do ano passado e já corrigido na versão 2.6.24 do mesmo. Mas o total de vírus nativos para linux – “Ho, Ho, peguei um vírus via wine! – é ZERO. Sim. ZERO.

Então zero para um sistema que tem 5% do mercado. Novamente fazendo regrinhas de três, podemos estabelecer que o Windows deveria ter… dezoito multiplica por zero…. ZERO vírus!

Olha! se eu realmente passei em lógica (por um fio, pra dizer a verdade), poderia dizer que provei por contradição que o Windows é mais suscetível à vírus! ;-)

Tanto que o próprio sistema do tio Steve – o OS X ou Mac -, passou a ser muito mais seguro depois que adotou base Unix. E o Mac tem uma base de usuários pouco maior que do Linux (embora em conheça dezenas de usuários linux, mas nenhum de OS X!).

O fato é que a própria origem no Unix já garante ao Linux uma maior segurança, coisa que também acontece no OS X, FreeBSD, etc, tão seguros quanto o sistema do pingüim.

Já o Windows, como todos sabemos, teve um caminho contrário ao Linux. Começou como sistema monousuário, como desktop ou estação de trabalho, para depois ir para o mundo corporativo, como servidores. E este é um caminho totalmente oposto ao Unix. É natural então que o Windows tenha mais facilidades para o usuário, mais que o Linux, que reúne muitas características de um sistema que visa segurança em primeiro lugar. E como todos sabemos, quanto mais segurança, mais chato é utilizar um computador (como ter que lembrar aquele monte de senhas!).

Ou seja: o Windows só será um sistema realmente seguro quando adotar uma base Unix. A empresa de Steve Jobs fez isso e obteve sucesso. Há rumores – Leão Lobo-bo! – de que este sistema seja o OpenBSD, que já recebeu ajuda da Microsoft em outras ocasiões.

Em favor do Linux e demais sistemas operacionais de código aberto é o fato de que ele tenta barrar ao mínimo o usuário. Se a máquina é sua, você pode usufruir dela como bem quiser. Por isto temos poucos programas para Linux que exibem propagandas indesejadas, executam tarefas que que o usuário não queira. E esta liberdade – aff, não queria falar esta palavra – também é a mesma liberdade – de novo! – que permite ao usuário também cometer cagadas que impossibilitem o funcionamento do sistema. Mas no Linux sempre somos avisados do que pode acontecer quando não andamos na linha… ;-)

PS: Este texto expressou somente minha opinião. Opinião inclusive, de uma pessoa tão especialista em segurança quanto o cara que criou o vídeo que motivou este texto…

PS2: Estes dias foi contratada no DIN uma professora especialista (doutorada e tudo) em segurança. E o mais engraçado é que ela usa Windows! Mais engraçado ainda é que no seu primeiro dia de trabalho enfrentou problemas com um vírus que se espalhou pelas máquinas com Windows do departamento. E o que me deu de dor de cabeça este vírus (um worm na verdade, chamado de W32.USBWorm)… Segundo a professora, ela nunca pegou um vírus no Windows!

PS3: onde digo Linux, substitua por GNU/Linux, se quiser ;-)

Até mais.

About these ads

41 Comments

  1. tiaggs
    Posted abril 4, 2008 at 1:24 | Permalink

    Hahaha quase morri de rir quando ele falou ” viu o iniciar não esta mais funcionando (MENU APLICAÇÕES DO UBUNTU)”

    Nem quero mais argumentar depois que vi os outros videos dele “Windows Vista maravilhoso” hahahaaha …. se tivesse economizado na compra do vista teria um monitor bonitão que nem o nosso (LG l192ws acho que eh este que vc tambem tem né)

    O que eu mais gosto do Linux eh isso a liberdade de modificar o que quiser, incluindo fazer cagadas nas configurações hehe já destruí o sistema fuçando e aprendendo, ja o windows vista da minha irmã ja deu pau sozinho kakaka agora ta com um xp com cara de vista…ela não sabe como instalar o vista de novo, como não sou….como se chama aqueles terrorista…as sim..xiita falei para ela como.

  2. Posted abril 4, 2008 at 2:19 | Permalink

    hauahua
    Pior mesmo. O cara diz no vídeo “E o Linux é tão ruim que se auto-destrói”… Ele pelo menos faz isto quando o usuário quer, enquanto que o Windows…

    É igual falaram na lista fug-br: “Se o administrador do windows não pode fazer o que quiser, que diabos de administrador é este?

    PS: estou contentíssmo com meu monitor ;-)

  3. Posted abril 20, 2008 at 16:42 | Permalink

    “Mas o total de vírus nativos para linux – “Ho, Ho, peguei um vírus via wine! – é ZERO. Sim. ZERO.”

    Hahahah! Cara, adorei o texto. Vou até imprimir! Você escreve muito bem!!

  4. Posted abril 25, 2008 at 20:08 | Permalink

    Dois comentários:

    gostei bastante desse texto!!! o “ps2″ é o que chamo de ironias da vida… e tava até pensando em fazer um vídeo resposta acessando o sistema como usuário normal, dando um rm -rf / e recebendo um “acesso negado na fussa” e dando um deltree c:/ (se me lembro do equivalente windows) no windowzes…

    Segundo comentário e mais genérico:

    acho gozado como o pessoal do meio bit adora falar mal do linux e opensource e não reparar que eles se comportam igual ou de maneira pior que a de muitos de nossa comunidade, principalmente porque eles incluem todo mundo no mesmo pacote… ridículos! esse comentário veio a partir de seu comentário no texto “como ser um linuxer babaca” ou sei-lá

    vou nessa!
    grande abraço

  5. Posted maio 5, 2008 at 14:59 | Permalink

    Larga de ser otario pois o windows em qualquer versao nao presta , e uma porcaria qualquer sistema da microsoft , ter o windows e uma perca de tempo , vc ainda vai cair na real e ver que o windows e uma merda , pois eu era usuario da porcaria windows, mas depois vir tudo oque eu fiz pelo windows foi tempo perdido , entao esqueca o windows de vez por toda pois nao vale anada

  6. rodrigo
    Posted maio 8, 2008 at 19:56 | Permalink

    Engraçado isso. Acho que o cara que fez esse vídeo não conhece realmente de Windows…
    Faça o seguinte no Windows (com poderes de administrador), clique em iniciar, executar, digite regedit e apague todas as chaves do registro que existirem e me diga se o sistema não vai se auto destruir….
    A gente tem que ver cada coisa por aí….
    É isso aí, Linux rox!!!

  7. marcelo
    Posted junho 26, 2008 at 20:12 | Permalink

    é indescritivel a sensação no estômago quando vi esse vídeo. Acho que um kra desses deveria ser proibido de usar computador. Não é possível existir pessoas tão ignorantes assim!!!! Kra, linux não se usa como administrador, e sim, como usuário comum. O que a segurança do sistema tem a ver com o fato de vc apagar uma pasta do sistema ???? Será que o banco do brasil, google e até a própria microsoft, sim a microsoft, usa linux em seus servidores???? Será que eles também acham um sistema inseguro ? Acho que o windows é exatamente para pessoas como vc. Pessoas que não tem a minima idéia do que estão fazendo. Parabéns!!!! Acho que vc superou a ignorância humana.

  8. Posted junho 26, 2008 at 20:15 | Permalink

    Kra, linux não se usa como administrador, e sim, como usuário comum. O que a segurança do sistema tem a ver com o fato de vc apagar uma pasta do sistema ???? Será que o banco do brasil, google e até a própria microsoft, sim a microsoft, usa linux em seus servidores???? Será que eles também acham um sistema inseguro ? Acho que o windows é exatamente para pessoas como vc. Pessoas que não tem a minima idéia do que estão fazendo. Parabéns!!!! Acho que vc superou a ignorância humana.

  9. Alex
    Posted junho 27, 2008 at 22:54 | Permalink

    Teste bastante científico esse feito por você.

    Continue utilizando o ruindows mesmo, deixe o linux para quem sabe o que está fazendo .

  10. Antonio
    Posted julho 19, 2008 at 13:06 | Permalink

    Só queria que alguem me explicasse como logar como root e digitar comandos via terminal quer dizer “auto destrói”

  11. NetCrusher
    Posted agosto 1, 2008 at 13:58 | Permalink

    Cara, que burrice, me desculpe, mas nunca escutei tanta ignorância na minha vida. Primeiro, você tem que ser muito burro para dar um rm como ROOT no sistema operacional, mas tem que ser muito burro mesmo. Como sabemos, o Linux é livre, ele deixa fazer o que você quiser. Linux não é pra piazotes como você.. para usar linux é necessário um pouco de conhecimento sobre sistemas operacionais.. no ´minimo isso. Linux é um sistema operacional para quem sabe pensar… Já o Windows é um sistema operacional para quem não tem o que se preocupar em aprender.. Windows é muito bom, e o Linux também é. Ambos são, porém, Windows te deixa preso a uma série de fatores, já o linux não. Entretanto, ambos os sistemas são vulneráveis… e você, como rackerzinho de bosta deve saber muito bem o que é uma vulnerabilidade (não se trata só de saber usar um xploit, e sim, entender o funcionamento de um). Meu caro, enquanto você pensar desta forma, você sempre será o mané que é.
    Para quem usa linux, a primeira coisa a se fazer é adicionar regras de segurança, e o melhor de tudo… o Linux te permite fazer o que quiser. já o Windows, vem com merda de segurança nenhuma. Existe aquele esquema de compartilhamento de pastas pessoais, onde “existe” uma segurança… mas, segurança para quem é mané. Qualquer usuário pode ir pesquisar no gogole e ver como quebrar essa tal segurança… até minha irmã sabe fazer isso rapá.

    Bom, resumindo… Windows é bom, linux também… agora, falar merda de um sistema como linux como você falou.., na boa.. vai fazer um cursinho qualquer de SO… Acredito que esses foram os únicos comandos que você aprendeu na tua vida.

    Na boa… não faz esse curso não… vá fazer curso de engenharia ambiental, … não não.. é muito perigoso pra você… sei lá, faça qualquer outra coisa… até mesmo um cursinho do sebrae, mas na boa, sai deste mundo rapa!

    Outra coisa… vc é tão “baum” que não consegue nem instalar um software para gravar video… fica usando câmera.. é um mané… não sabe nem instalar um software…

    Daí você me pergunta: Mas como instalar sendo que eu estava (burriciando) dando um rm no linux?, Hein?

    Resposta: Seu burro, você poderia ter feito isso com qualquer emulador de SO.. WMWare, além do próprio software gratuíto de simulação da própria Microsoft.

    Afinal, aprenda alguma coisa!!!

  12. Omar
    Posted agosto 20, 2008 at 16:08 | Permalink

    Esse kra deve dominar o sistema (ou melhor) o programinha chamado windows… Na verdade … um virus funciona melhor que o windows …

  13. Omar
    Posted agosto 23, 2008 at 20:03 | Permalink

    Kra … vc deve estar sobrendo de paralezia cerebral…

  14. Posted setembro 10, 2008 at 3:32 | Permalink

    manda o mané digitar RD C:\ /S /Q e diga se o sistema dele sobrevive.

    Sou dual boot mas o Linux é mais seguro :P

  15. Posted setembro 18, 2008 at 20:03 | Permalink

    Vão sei na verdade se vale a pena perder tempo em fazer um comentário a respeito desse video que foi apresentado.Mas rapaz que fez o vídeo no mínimo é um psicopata e não tem nenhuma perspectiva de vida e muito memos sabe de sistemas operacionais. Agora me respondam o qual sistema que tem o poder de se autodestruir? Acho que não vale a pena apresentar esse video em nenhum blog ou site, pois não nos acrescenta em nada.

  16. Posted setembro 18, 2008 at 20:16 | Permalink

    Agora quanto ao autor desse testo relacionando windows e Linux apresentando as diferenças. Parabéns! muito criativo e bem explicado.

  17. Posted outubro 12, 2008 at 16:12 | Permalink

    Cara, você é muito burro mesmo… só para saber, o DOS continua vivinho lá por baixo do Windows e este continua a ser apenas uma interface gráfica para o DOS. A diferença é que agora você não precisa comprar os dois separados. Muitos administradores de rede ainda usam a linha de comando do windows. Esse cara que fez o video consegue ser mais burro ainda!!!

  18. RoG.
    Posted janeiro 15, 2009 at 1:40 | Permalink

    Nao concordando com o autor do topico, mas a citação :
    “Cara, você é muito burro mesmo… só para saber, o DOS continua vivinho lá por baixo do Windows e este continua a ser apenas uma interface gráfica para o DOS. A diferença é que agora você não precisa comprar os dois separados. Muitos administradores de rede ainda usam a linha de comando do windows. Esse cara que fez o video consegue ser mais burro ainda!!!”

    é mais idiota ainda

    HAIAIAHIAIAhAahi

    ME,98, etc = DOS

    XP, Vista, 200, etc = NT

  19. Narich
    Posted janeiro 15, 2009 at 3:42 | Permalink

    Gostei da ironia no Post-Scriptum.

  20. Posted janeiro 16, 2009 at 21:49 | Permalink

    Acho que meu gerador de ironia espontânea não está funcionando…
    Meu texto foi justamente para contestar o autor do vídeo (disse isso várias vezes!)…
    Por falar em Windows excluir pastas essenciais, há um tempo (uns seis meses ou mais) eu tirei uma captura de tela de mim fazendo isto…
    Excluindows

  21. Cleber
    Posted outubro 29, 2009 at 13:49 | Permalink

    Essa galera é muito revoltada, uns defendem o windows e outros odeiam, entretanto a maioria dos comentarios defendem o linux pelo principal fato de ser um sistema free, mas além disso ainda não perceberam para que tipo de uso será o melhor sistema, qual vai ser o melhor aplicativo. Um usuario experiente percebe que não existe esse papo de sistema seguro, atraves de uma engenharia social todo o sistema é vulneravel. Um grande numero de pessoas não veem que essa briga não envolve somente o campo da informatica, mas sim um contexto mercadológico. O linux pode provar por A + B que é melhor que o windows, entretanto mesmo assim o windows continuará sendo sistema mais utilizado no mundo através de sua grande força no mercado mundial.
    A ideia final é:
    O linux pode ser melhor que o windows em determinada aplicação como o windows pode ser melhor que o linux em outras aplicações.
    Não existe o melhor, o melhor é aquilo que nos satisfaça.

  22. Posted novembro 9, 2009 at 0:22 | Permalink

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk li os comentários, e já disseram mas não custa nada repetir, você é muito burro.

  23. Manowar Warrior
    Posted novembro 28, 2009 at 14:07 | Permalink

    cara…
    pra ti só posso dizer uma coisa:

    VOCÊ É MUITO GAY!!!

    Vai dar a bundinha pro bill gaytes, vai

    Com certeza é um pagodeiro filho da puta burro pra caralho

  24. fabricioknight
    Posted dezembro 7, 2009 at 16:39 | Permalink

    Nao vou nem dizer qual o melhor SO, mas uma coisa posso afirmar, assim como o windows possui falhas, o linux tambem possui, como podemos ver neste video. Mas se criarem uma nova distro (acho que é assim que chamam =P )do linux poderao corrigir essa falha e o linux ficara quase perfeito (porque nada é perfeito xD ). É assim que o windows sempre funcionou, as falhas eram descobertas e novas atualizações eram lançadas para corrigi-las!!
    Mas eu prefiro o windows, nada contra o pessoal do linux, pois cada gosto eh um gosto xD.

  25. Steve
    Posted dezembro 18, 2009 at 16:42 | Permalink

    Pessoal? O melhor mesmo, alias, um dos melhores , e melhor do que os enunciado é o mac.
    Agora sem discussões.
    Vcs que curtem linux é porque nao têm dinheiro pra comprar um mac e nem sabem de programação, sao usuarios finais.

  26. André
    Posted janeiro 29, 2010 at 11:21 | Permalink

    Gente, concordo com NetCrusher, sou a favor do que funciona, meu Windows funciona muito bem assim como o Linux. Depois do Windows 7, ficou melhor ainda. Acredito que a maioria das pessoas de mente fechada acima (que defendem o Linux) usaram o windows para acessar esse fórum e deixar seus comentários. Meu windows funciona, o de toda a minha família também.

  27. Larry Fine
    Posted fevereiro 25, 2010 at 15:24 | Permalink

    Tanto o Windows como os sistemas Linux se bem utilizados e configurados são excelentes. Dizer que Unix/Linux é mais seguro não é verdade. Em 2005, por exemplo, foram reportadas cerca de 500 vulnerabilidades em sistemas Windows contra mais de 2000(!) em sistemas Unix/Linux. Sou usuário de PC há mais de vinte anos, venho da época do puro DOS e das intermináveis digitações de linhas de comando e até hoje, nunca tive qualquer máquina infectada por vírus ou coisa parecida. É óbvio que o vídeo é pura besteira de quem não tem o que fazer e quer malhar o Linux. Mas o inverso também não é verdade? Quantas lendas e mitos já não foram criados para denegrir o sistema da Microsoft. Proclama-se aos quatro ventos a respeito de código aberto, software livre etc, mas quem não tem um arquivo mp3 no seu HD? Quem não emula o Windows no ambiente Linux por falta de algum software 100% funcional para determinado fim. Poucos são os programas que atingiram esse patamar e, curiosamente, a maioria é multiplataforma. Dizem que no Windows não temos liberdade, é só NEXT, NEXT, NEXT. Por acaso os gerenciadores de pacote do Linux são diferentes? Alguém tem plena segurança e conhecimento daquilo que está sendo baixado e instalado na sua máquina? E quanto às interrupções no desenvolvimento de algumas distribuições deixando o usuário na mão? Aí, só porque o cara aprendeu uns comandos básicos no Linux se julga analista de sistemas e sai por aí humilhando outros usuários menos abençoados. Por causa da arrogância de muitos assim chamados linuxers o sistema do Tux não decola.

  28. Posted junho 5, 2010 at 21:09 | Permalink

    Gente eu estou começando a usar linux e achei um grannnde lixo,quase não existe programa bom para linux tudo é compativel com windows ou outros menos linux e isso estressa muito pois tem que ficar baixando aplicativos emuladores e tal . Acho nada a ver isso de vcs ficarem discutindo mais eu prefiro 10000000000000 vezes windows do que linux

  29. Marcos
    Posted julho 20, 2010 at 9:15 | Permalink

    Linux não rodam programas para engenharia como Autocad e Solidworks, e não tem similares.
    Linux não roda jogos.
    Só serve para net e openoffice.

  30. jwarcos
    Posted novembro 21, 2010 at 2:48 | Permalink

    bom colegas. sou usuário linux há alguns meses e vi uma solução. ficar discutindo sobre qual sistema é melhor ou mais eficaz pra isso ou aquilo será perpétua. o fato é que gosto é que nem to@#$… cada um tem o seu… agora denegrir a imagem de um ou outro SO não passa de vaidade. Tem espaço pra todo mundo e quando a comunidade GNU/Linux for mais heterogênea, diga-se de passagem também menos [ego][e]xcêntrica, teremos mais seguidores e ainda mais colaboradores….

  31. ReykAlencar
    Posted dezembro 5, 2010 at 22:35 | Permalink

    Concordo que você quebrou os limites da ignorância humana.
    Na minha casa tenhos 2 computadores Windows XP, 1 Ubuntu 10.10 e meu notebook ubuntu 10.10.
    Não emulo nenhum programa pelo wine, não tive a nescessidade até agora, os programas são excelentes, eu jogo oque eu quero no meu computador Ubuntu, o meu notebook liga mais rápido do que nunca mais ligou, teu uma economia da bateria muito maior que Windows, mais não impede de eu usar o Windows, por exemplo, se meu irmão me chama para jogar algo de Windows, por exemplo um CS, eu vou.

    Acho que tanto os usuários de Windows, quanto Mac, quanto linux esqueceram a filosofia do Linux, é o Software Livre, uma coisa que o Windows e o Mac fica distante. Por que eu uso software livre?
    Do mesmo jeito que tem gente que gosta e não gosta de leite, eu gosto e uso de Software Livre e outros não. Simples e Objetivo. então pelo menos se arrependa de ter escrito tudo isso, e outra.

    PS.:O Comando de apagar o sistema, prova que eu tenho o poder de me autodestruir, já no WINDOWS que você é o Administrador você não tem esse poder, é como querer se matar e não poder ¬¬’.

    Enfim, depois do post e dos comentários respeito users de Windows, Mac, mas prefiro o Linux.

    Att.

  32. Mariano
    Posted janeiro 3, 2011 at 10:07 | Permalink

    Linux é pra aventureiros que querem viver utopias comunistas, pobres coitados, só copiam e alteram o que outros criam tudo isso trabalhando de graça pra um africano milionário que ve seu povo passar fome, pelo menos o Bill Gates paga seus funcionários, e ajuda os pobres.

  33. Danilo
    Posted março 26, 2011 at 0:15 | Permalink

    Por que windows 7 é mais bonito, tem versão 64 bit(e não um emuladorzinho), por que é mais rapido, por que tem messenger 2011, por que tem os melhores games e lançamentos, por que tem suporte, por que é popular, por que tem iTunes…

    Linux não pega vírus? Claro que não, hacker(cracker) sabe o que é bom e não usa essa porcaria! E se você usar o linux como adm e pegar um vírus, ahahahahah, você tem que formatar o PC kkkkkkkkkkkkkkkkk (todo mundo usa windows como adm, linux usa-se como “Guest”, ou seja não da pra instalar nada sem autorização) Linux é incompatível ate com impressoras HP, sem falar com os outros periféricos, a maioria dos hardwares não tem driver pra linux…, não tem suporte pra sites que usam WMA e WMV… kkkkkkkkkkk
    E quanto a esses “puritanos” que recriminam quem tem windows pirata… o que é open office? Até o nome os plagiadores descarados copiaram! kkkkkkkkkkkkkkk
    Sem falar na falta de padronização, obrigando a pesquisar para resolver algumas incompatibilidades, bugs, e versoes que não funcionam do linux kkkkkkkkkkkkk

    PS: Não tem diferencia nenhuma entre windows pirata e original. Com um loader da pra atualizar na boa, agora me diz… Da pra atualizar linux? Então não enche o saco!!!

  34. Vitor Mangraviti
    Posted junho 1, 2011 at 21:31 | Permalink

    Teve um imbecil aí que disse que “hacker sabe o que é bom e usa Windows”. E ainda falou que o Linux não dá para atualizar… E falou que o Linux não tem drivers e que não é compatível com impressoras.

    Meu deus… Quanta asneira…

    Quanto ao seu artigo:

    Bem… É verdade que, quando logado como root é possível fazer o que bem entender. Inclusive destruir o sistema. Mas agora me responda: quem em sã consciência faria isso?

    Você esqueceu também de dizer que no Windows, é possível criar um script qualquer para ser executado ANTES da inicialização do sistema ou até um batch file (ainda nos dias de hoje). E melhor: basta abrir o registro do Windows com o regedit e pronto! Pode destruir o que quiser. Sem contar que, apesar do comando “format c:” não estar disponível na linha de comando do Windows, é possível usar outras sintaxes como a “RD C:\ /S /Q” – que destrói o Windows com um piscar de olhos.

    Achei seu artigo deveras tendencioso. Um usuário experiente pode destruir o seu sistema operacional – seja ele Linux ou Windows.

    No fim das contas, eu acho que a grande vantagem (talvez a única vantagem) do Linux sobre o Windows é no quesito “privacidade”. Sabe-se que o Microsoft Office coleta informações sobre o usuário. Sabe-se que o Windows coleta informações sobre o usuário. E eu tenho a garantia de que isso não ocorre no Windows. Se você não se incomoda em ser espionado, azar o seu! Eu prefiro ter minha privacidade respeitada.

  35. Henrique
    Posted junho 8, 2011 at 19:45 | Permalink

    Bom, acho que o melhor a fazer é aprender sobre ambos… O bom das discussões como essa gera é o conhecimento das falhas e vantagens de ambos sistemas lendo os comentários dos usuários.

  36. Pedro
    Posted agosto 27, 2011 at 20:26 | Permalink

    Por causa disso que o linux é barato.

  37. Gustavo Barboza
    Posted dezembro 16, 2011 at 12:10 | Permalink

    Haters gonna hate! Cara, chega a ser chato ficar vendo como esses usuários do Linux não suportam o fato do Windows ser superior no mercado, tudo bem que o Linux é superior em questões de segurança e velocidade, mais vocês se esquecem de um ponto crucial: Se o sistema é livre, qualquer um pode usá-lo certo? Certo, mas eu diria que nem todos podem usá-lo, pois diferente do Windows, Os sistemas Linux são muito complicados e a linha de aprendizado é longa, então não adianta de nada ele ser o mais seguro, o mais rápido, se ninguém consegue usar, pra mim essa é a falha do Linux.
    E antes que venham falar que eu sou um fantoche da Microsoft, eu queria dizer que essa semana Eu baixei o Ubuntu 11.04 e estou tentando usá-lo, e de cara já vi a dificuldade até na instalação, mas mesmo assim quero continuar tentando usar esse sistema, pois novos caminhos são sempre bem-vindos. Se os usuários do Windows não criticam o Linux (talvez por nem conhecer), porque tanto ódio contra o S.O da Microsoft?

  38. claudio
    Posted janeiro 2, 2012 at 15:07 | Permalink

    olá,
    o seu paradigma já foi quebrado… porque já há vírus para android,
    que roda sob linux. 18 x 1
    rsrsrs.

    abraço.

  39. claudio
    Posted janeiro 2, 2012 at 15:11 | Permalink

    No caso, mal começou a ter um teor comercial(android), que os virus ja começam ….kkk

  40. José Renato
    Posted fevereiro 11, 2012 at 15:57 | Permalink

    Nossa! Tem muito fanboy do Linux que fica o dia todo no pc caçando onde falar mal do Windows. Tem muitos ai que só usam prara dizer:
    _Olha! Eu uso linux, eu sei usar o terminal! To me sentindo o Invasor do Banco Central!
    As distros Linux sempre tentaram e ainda tentam se parecer com o Windows. Fácil de usar. Por essa razão tantas distros que acabam por descentralizar o desenvolvimento do sistema. Não me levem a mal, mas se Linux fosse tão bom, porque 90% do mercado usa Windows? Porque essa cisma em se parecer com o Windows? O Ubuntu conseguiu status de distro mais usada, porque busca ser fácil e funcional, como o Windows. E Eles tem razão, afinal fazem o sistema para ser utilizado e não para ser exclusivo para nerds e hackers.
    E quem acha que Linux não trava e não tem vírus esta bem longe de ser um gênio da computação. Desde que algumas distribuições de cunho comercial, como o Android foram lançadas, os vírus começaram a se propagar.
    Para mim, sistema bom é aquele que você usa sem dor de cabeça, sem ter que fazer tudo por ele, pq sendo assim quem trabalha no fim das contas sou eu e não o sistema.
    O Windows 8 vem ai! Acho que com ele o Linux morre de vez nos desktops, já que a cova ta aberta a um tempão.
    Abraços

  41. souzarm
    Posted janeiro 1, 2013 at 14:18 | Permalink

    É uma pena ver togloditas se degladiarem contra usuários simples de computação, ou mesmo usuários de RWindows.
    As exceções sãos os verdadeiros técnicos/engenheiros/autodidatas de Linux.
    O Linux é o melhor em segurança e flexibilização em geral? Sim. Isto é de fato e de direito.
    Porém é incrivelmente complicado em termos de usabilidade na versão desktop.
    Os usuários simples ou avançados (sim, desde os usuários domésticos até os corporativos) precisam de sistemas simples, práticos, e não de terem mestrados em comandos de terminais; ou então na hora de usar algum aplicativo em modo gráfico terem que parar para raciocinar: isto pode, aquilo não pode, preciso utilizar aquele outro macete, etc..
    Para o usuário que está pagando ou não para computar, a vida é um simples NEXT, NEXT, NEXT, …, FINISH.
    As pessoas existem não para usar sistemas operacionais, mas sim para terem usufruto de programas. Estão vendo? As coisas podem ser fáceis ou difíceis! Eu posso tanto falar “as pessoas usam programas, e não SO”, como posso dificultar: “as pessos não usam SO, elas querem é o total e livre usufruto de programas”.
    Qual é mais fácil?
    O dia em que o Linux tiver de fato uma interface mínima de total facilidade tanto para os usuários principiantes como para os intermediários (é lógico que sem quebrar os paradigmas de segurança), daí sim os Linuxistas (os que xingam, desrespeitam todos) podem até falar mal do RWindows. Que estes mal Linuxistas ajam como os verdadeiros Linuxistas de verdade, que não enxergam problemas, e sim somente soluções para tudo. São super profissionais, pacientes e didáticos.

One Trackback

  1. […] que parece, o camarada não leu o texto direito. Confesso que sofro deste mal. Muitas vezes nem termino de ler um texto e já tiro conclusões. Mas […]

Comente

Required fields are marked *

*
*

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: